The Shannara Chronicles | Crítica da 1ª Temporada

Transmitida pela MTV, mas com sua 2ª temporada indo ao ar pela Spike TV, The Shannara Chronicle foi uma grata surpresa na grade da emissora teen. Baseado na série de livros de fantasia do escritor Terry Brooks, A Espada de Shannara, a série é produzida por grandes nomes como Dan Farah, Jon Favreau (Homem de Ferro), Miles Millar e Al Gough (ambos de Smallville), Jonathan Liebesman e o próprio autor.

Com uma produção mega caprichada, indo dos efeitos especiais bem feitos, até uma fotografia bonita, a série ainda traz nomes bem conhecidos do mundo das séries como Manu Bennett (Arrow), Ivana Baquero, Aaron Jakubenko, e o veterano John Rhys Davies, mas quem chama a atenção é Poppy Drayton, enquanto Austin Butler não me apagou da mente seu personagem em The Carrie Diaries.

Se passando em um dos Quatro Mundos, onde magia é dada como morta e elfos se acham a raça superior, mantendo a tradição de proteger a mítica árvore Ellcrys, onde temos 7 elfos escolhidos para tal façanha, os Chosen acabam tendo uma reviravolta quando a princesa Amberle (Drayton) se torna a primeira mulher a se candidatar e ganhar seu cargo, mas ter visões com demônios e um terrível futuro.

A partir daqui a trama muda, pois o druida Allanon (Bennett) acaba despertando de um sono de décadas e mostra que a magia está de volta aos Quatro Mundos. E é aí que entra Wil (Butler), um meio-elfo, filho de um Shannara que não tem a menor noção de que possui magia dentro de si e precisa usar as Elfstones para proteger o mundo.

Em seus 10 episódios temos ótimas cenas de ação e aventura, além de um briga pelo trono elfico, que culmina quase na destruição dos Quatro Mundos, pois Ellcrys é praticamente destruída e cada folha que cai é um demônio de Dagda Mor que escapa de sua prisão. No caminho ainda temos o encontro com Eretria, uma ladra que acaba se tornando parte importante na jornada de Amberle e Wil, chegando a se colocar em risco contra Trolls para fazer os amigos destruir Dagda Mor.

No fim das contas temos várias reviravoltas em uma trama incrível e cheia de fantasia. Wil não pode ter as mulheres que ama, Bandon pode estar possuído por Dagda Mor, enquanto Allanon já não transmite confiança.

The Shannara Chronicle retornou para sua segunda temporada, enquanto sua 1ª temporada está disponível aqui no Brasil na Netflix.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.