The Shannara Chronicles | 2×03-04 – Graymark / Dweller

Continuo acompanhando The Shannara Chronicles e vou curtindo o desenvolvimento da série. Ele parece mais lento, mas vai desenhando bem a trama que envolve seus personagens e criando os elementos de conflitos interessantes, principalmente entre os povos mágicos e não-mágicos.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

A caçada continua em destaque, os Crimson estão dispostos a matar o povo mágico para evitar que um novo Lorde das Trevas ascenda, mas com Alannon preso com eles, Riga não dá ouvidos sobre o fato de Bandon estar buscando os meios necessários para reviver o Lorde Feiticeiro. Gosto da forma como Riga se impõe, mostrando o seu fanatismo e deixando claro que qualquer um com mágica, seja druida ou um shannara, podem ser corrompido e que ele e os homens irão destruí-los.

O reencontro de Wil e Eretria é bacana, cheio de saudade de ambas as partes e gosto da forma como eles trabalham a amizade dos dois. Junto de Jax e Mareth ambos vão resgatar Alannon e em uma sequência intensa e divertida conseguem recuperar o druida e deixar Riga ainda mais irritado. Alannon não concorda com Wil sobre ir a Paranor, então eles acabam indo até o túmulo de seu pai recuperar a espada Shannara. O legal é que vemos Wil compreendendo ainda mais as atitudes do pai, que morreu sozinho, mas fazendo o possível para protegê-los.

Se de um lado temos Alannon e Wil buscando armas para evitar a ascensão de Lorde Feiticeiro, do outro Eretria e Jax retornam a Leah para convencer a rainha sobre o que está acontecendo e nisso acabam mostrando a Ander que seu amigo e conselheiro matou Catania e está ao lado de Riga com Crimson, mas no desenrolar da trama, com Lyria batendo de frente com a mãe, a rainha Tamli, vemos que a mesma está de pacto com eles também.

É engraçado ver que Tamli, para sobreviver, faz pactos e promessas a todos que podem destruí-los, tanto que Bandon aparece para cobrar uma promessa que ela fez a Lorde Feiticeiro, quero muito ver o que isso renderá. E achei legal ver o tio de Wil tentando manter Bandon com seu coração puro, mas em visita a sua antiga casa, acaba matando o jovem elfo filho dos que o criaram e tacando assim o terror contra eles.

A estrutura básica de vingança está pronta e já espero que a série comece a contar ainda mais a que veio agora que se aproxima de sua metade de temporada. The Shannara Chronicles é uma fantasia interessante e nos prende em alguns momentos, principalmente com seus efeitos.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.