The Good Fight | 3×04 – The One With Lucca Becoming a Meme

A medida que The Good Fight vai evoluindo, mas me apaixono por seus personagens e pela condução que suas tramas vão tomando. A forma como a série se mostra atual e tenta mostrar os dois lados políticos, a maneira como é conduzido o direito, além de temas relevantes como racismo e assédio, é algo sensacional que só os King poderiam fazer.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Lucca sendo o ponto focal de uma mulher por achar que ela é a babá o próprio filho por ele ser mais claro e ela fazendo piadas e assim filmada, foi muito tenso, ainda mais como a mídia e as redes sociais tratam as coisas. A mulher, branca, se sentindo humilhada pela brincadeira, e ela se sentindo humilhada por ter que provar a polícia de que é a mãe da criança foi sensacional. Uma cutucada daquelas…

No fim ela recebe mensagens de ódio e ameaças, mas resolve ignorar e focar em outras coisas, o que acaba fazendo Jay descobrir que os negros da firma estão recebendo menos que os novos brancos contratados, criando um clima de divisão bem claro, ainda mais depois dele ver que Marissa tem recebido mais que ele, sem saber do envolvimento dela com Julius quanto a um projeto, além de clientes brancos pedindo por ela e não por ele, o que o faz vazar a lista de salários.

Todo esse drama deve ser abordado ainda mais a fundo no próximo episódio, mas trouxe uma consequência. Maia foi demitida da empresa. Como ela se envolveu com a polícia e com o uso de drogas de Blum, ela se queimou e o conselho votou por sua saída, não só com sua suspensão. Diana dando a notícia foi bem tenso, ainda mais ao vermos Lucca vendo o que está acontecendo.

Agora, a forma como Diane e Liz entram para o conselho das mulheres que querem ir conta a extrema direita e Trump trouxe os excessos das armas de ambos os lados, pois o grupo usa a cliente da empresa, uma cantora que está em evidência na mídia e com os jovens , para fazê-los se inscrever e votar.

O grupo expondo Sabrina e sua irmão, e comemorando isso, sem saber que a irmã trans da cantora poderia até mesmo se matar, já que começou a receber mensagens de ódio, e eles ignorando isso pela causa, foi muito tenso.

Agora é ver até onde The Good Fight irá em suas tramas e tenho gostado dos curtas animados com música que tem no meio dessa nova temporada.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.