The Good Doctor | 2×18 – Trampoline [Season Finale]

E chegamos ao final da 2ª temporada de The Good Doctor. A série patinou bastante neste ano, mesmo que tenha trago algumas tramas interessantes, e vem buscando tirar Shaun de sua zona de conforto.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Desde a entrada de Dr. Han a série mostrou um Shaun mais descontrolado e propenso a ter mudanças a força. A série mostrou isso muito bem ao tirar ele de seu sonho, ao mesmo tempo que colocou Browne em seu caminho como uma grande amiga e disposta a dar os conselhos necessários para ele viver melhor sua vida.

Quando ele entra em uma briga e pode até morrer por conta de uma fratura na costela, Browne acaba tendo de assumir o papel dele para ver além nos pacientes, o que ela faz com Zack, o homem que bateu em Shaun, mas por ele não saber se comunicar. Espero mesmo que entrem na questão de comunicação e na evolução necessária para Shaun no próximo ano.

A série ainda coloca todos à favor de Shaun, incluindo Andrews, lembrando que ele foi bem cético em receber o residente no hospital, mas agora o defende, pois sabe que ele tem os seus valores, mesmo com várias questões, e enfrentar Han neste momento deve render alguma coisa. A reunião com a mesa da diretoria, com direito a Glassman lá para defender o pupilo e ver que Andrew está ao seu lado foi ótimo.

Não sei como a série voltará a lidar com esse problema no começo do novo ano, mas foi ótimo ver Shaun aceitar os concelhos de Browne e ir até Carly pedir para saírem em um encontro. Achei que ele fosse se arrumar para tentar algo com Lea, mas foi bom essa mudança nele.

E o relacionamento de Glassman e Debbie também deu uma caminhada, com ele a pedindo em casamento. Lim e Melendez também deram um ótimo avanço em sua relação, assumindo para a diretoria do hospital e para seus residentes, só que devemos ter alguns problemas com Lim aceitando ser chefe da cirurgia.

Outro ponto interessante foi falarem de solidão e abandono. A paciente de Park e Morgan era de idade, sozinha e queria estar no hospital, ter atenção, e para isso ficou mentindo o tempo inteiro, e mesmo que Morgan tentasse ver o melhor, Park lhe mostrava as falhas.

Gosto demais da forma que The Good Doctor conduz algumas tramas, mas por exemplo, essa de Shaun e Han foi bem rápida, e já quero ver se haverá consequências. Só que no geral a série é gostosa de se acompanhar, elenco é afiado, Freddie Highmore sempre incrível em cena.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.