The Good Doctor | 2×15 – Risk and Reward

Se a vida de Shaun já estava mais tranquila no seu dia-a-dia no hospital, agora não estará mais… A chegada do novo chefe, Dr. Han (Daniel Dae Kim, Lost), traz novas atitudes, novas funções e um climão para os residentes e médicos. Só que The Good Doctor ainda traz mais momentos para Glassy e um novo grupo de apoio na quimioterapia.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

O caso da bebê que nasceu com problemas, devido o seu intestino ter sido gerado fora de seu corpo, além de problemas no coração, foi bem intenso e levou os médicos ao extremo, já que a vida da pequena estava por um fio. Sabemos que a série poderia levar para o lado da morte da pequena, mas Shaun, Lin e Browne conseguiram se entender e ainda convencer Han, e assim salvar a menina.

O problema é que Han pega no pé de Shaun, que ao conversar com a mãe da pequena, ao invés de levar amparo, falou que sim, a criança teve problemas pro conta do remédio antidepressivo que ela tomava. A comunicação de Shaun nunca foi o seu pnto alto, mas ele está aprendendo aos poucos, só que Han acha que é melhor mandá-lo para outra área do hospital, tirá-lo do centro cirúrgico, para evitar que ele complique os pacientes, e até o hospital.

Foi de doer a cena dele contando sua decisão para o rapaz. Lim ainda tentou interceder por ele, por conta de sua inteligência e dos feitos que ele já havia feito, mas Han acredita que o autismo dele será sempre um empasse.

Melendez também tem um empasse com Han, que lhe passa um paciente cheio da grana, mas ele fica cético sobre fazer os exames nele parecendo saudável só pela grana e recebe o novo chefe rebate que são esses casos que pagam os casos dos mais pobres. Melendez investiga e não encontra nada, mas Park e Morgan encontram um tumor, e ele não tem como investigar com biopsia e precisa tirá-lo.

Ao tirar, o paciente fica com um problema na perna, mas ao receber o resultado dos exames, ele prefere ir embora a saber o que tinha, se era maligno ou não, afinal, o tumor já saiu e pronto. O problema é que faltou alguma coisa nessa trama.

Agora, Glassy aprendeu que precisará de todo o apoio, e nada melhor do que conversar com quem já passou, ou está passando, o mesmo que ele. Assim, mesmo que no início fique bem irritado com as investidas de Larry (Joe Adler, Grey’s Anatomy), acaba cedendo e ficando mais sociável com ele e até se aproxima de Candice (Candus Churchill, Tully).

The Good Doctor faz outro episódio gostoso de se acompanhar, o que vem sido uma constante para a série.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.