The Good Doctor | 2×07 – Hubert

The Good Doctor trouxe mais desenvolvimento para Shaun e Lea, mas o drama dos dois pode ser até bom para evoluir Shaun, só que não me agrada, diferente da forma como trabalham o conflito de Browne e Melendez, e até as divergências de Morgan e Shaun perante os casos de Lim que precisam lidar.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Logo de cara temos Shaun e Lea querendo um pet para a nova casa deles, e entre o excesso de afeto de um cachorro e alergia de gatos, acabam ficando com um peixe dourado, Hubert, que acaba morrendo e deixando Lea chateada. Seu drama cai para o lado de não dar conta de nada que cai em suas mãos, para que no fim Shaun descubra que o peixe morreu por conta de uma doença que já veio do petshop… E foi isso… A evolução é só para o aceite de Shaun a cuidar de um animal e sair de sua zona de conforto.

Gostei de um dos dramas envolver a vida externa de Browne e como sua decisão em ajudar a amiga Kay acaba colocando-a de frente com Melendez, que ao entender o drama dela, resolve fazer o possível ao lado de Park. Kay é controladora e sabendo que vai morrer, faz o possível para juntar Browne com seu marido, para que ambos cuidem um do outro, forçando um relacionamento estranho. Lógico que Browne é contra e tem todas as questões em cima disso, mas gostei mesmo foi da forma como Melendez a ajuda, e a forma da desculpa dos dois. Quero ver mais desse lado particular dos residentes e de seus médicos.

Já Morgan e Shaun ficam com o paciente que tem um rim perfurado e a descoberta de que ele não tem o outro, sobrando para o irmão ser doador. A questão é que o irmão saudável só fará a doação se o outro aceitar vender a loja que o pai deles tanto lutou para conseguir. Foi legal ver a forma como Shaun e Morgan lidam com a situação, e como ela começa a ser um pouco mais emocional depois do ocorrido com a violinista que perdeu o braço.

Já Glassman tem que começar a fazer o seu acompanhamento com a Dra. Blaize, que está com sua carteira, mas após o procedimento Glassman se esquece completamente que deixou o objeto com a médica, deixando no ar que ele possa ter tido alguma parte do cérebro afetada após sua cirurgia.

The Good Doctor conseguiu manter tramas “da semana” interessantes e vem desenvolvendo algo legal para Glassman, mas tem pecado um pouco nos dramas de Lea e Shaun. Gostei de não prolongarem a briga de Browne e Melendez, assim a série não se enrola em problemas de ego.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.