The Good Doctor | 2×02 – Middle Ground

E o retorno de Lea, somado com o paciente da semana, trouxe uma boa dose de aprendizado para Shaun em The Good Doctor. Episódio bem mais interessante que o de estreia da temporada, com tramas bem desenvolvidas e muito, mas muito, drama.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Os dois pacientes foram bem fortes. Uma adolescente que teve seu órgão sexual mutilado quando tinha 2 anos por conta da tradição de sua origem, e o zelador do hospital com câncer no pâncreas que tem de tomar uma forte decisão.

A história do zelador foi interessante ao colocar Melendez ao lado de Shaun para contar a verdade ao funcionário e escolherem um tratamento, e ainda trouxeram Browne para humanizar a situação, principalmente ao ter que colocá-los em contato com a família. Foi legal Melendez forçar Shaun a entender como uma mentira pode ser benéfica.

A família do funcionário decidiu por ele aceitar um tratamento que não era certo e ele poderia morrer, e foi o que houve. Após isso todos discutem sobre a decisão e se culpam, e é aí que Shaun entra e diz que o homem tinha decidido por si, e a família ficou bem. Uma mentira, pois ele só queria fazer o que a família decidisse, mas que no momento não vinha ao caso.

Esse drama também acaba colocando Shaun compreendendo que precisa ficar mais próximo de Glassman, que é forçado por Blaize a tomar logo uma decisão sobre seu tratamento. E na vida pessoal Shaun tem que lidar com o inesperado retorno de Lea, que o deixa sem reação. Foi intenso ele dizendo a verdade para ela, que ela não podia voltar assim para a sua vida, que ele não quer perdê-la e que ela deveria ir embora para qualquer lugar.

Já a paciente adolescente teve que lidar com os traumas da família, já que seus pais não a deixariam mexer em seu órgão e então Lim resolve fazer por conta a cirurgia, o que gera inúmeras discussões com a família e até com Park e Morgan, que são contra a cirurgia, mas depois se colocam ao lado da médica.

Gostei da postura e das discussões de Lim e como ela lidou com Andrews. Mara não lidaria com a sua mutilação e mexer em seu clitóris para reconstrução iria contra a decisão de seus pais. Em certo ponto eu ri com Mara passando a língua na bochecha e entendendo que Lim reconstruiu seu órgão e ficou quieta, deixando os pais pensarem que ela simplesmente tinha removido o nervo.

The Good Doctor busca abordar temas interessantes e mostrar diversos pontos de vista enquanto desenvolvem seus personagens. Gostei bastante deste 2º episódio.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.