The Ghost in the Shell | Resenha

E 2016 vai chegando ao final e a Editora JBC continua sua leva de grandes lançamentos e para este dezembro, com lançamento na CCXP – Comic Con Experience 2016, a editora trouxe o tão aguardado e muito sonhado compilado de The Ghost in the Shell.

A criação de Masamune Shirow, listado entre um dos grandes mangás já lançados, teve uma edição bem caprichada com papel Lux Cream, contra-capa e muitas, mas muitas páginas coloridas. Um tratamento mais do que merecido para essa obra cyberpunk.

Este volume único traz toda a história da Major Motoko Kusanagi, e da equipe Policiamento do Setor 9, que no longínquo ano de 2029 luta contra o cyber-terrorismo. Mas o mais interessante é a forma como o autor contrói seu universo e mostra como a humanidade chegou na tecnologia capaz de unir corpo, mente e computação.

Toda a história, lançada originalmete em 1989, traz diversos quesitos éticos, moral e diversas ramificações filosóficas através das construções desses “ciborgues”. Cada capítulo é intenso e leva estes personagens ao limite de suas ações. Ver como tudo vai se desdobrando é nos encher de energia a cada página, seja pela trama ou pela forma como cada um dos personagens é apresentado e representado.

Batou é excelente e faz uma contrapartida incrível a personalidade de Motoko, enquanto ficamos sempre na dúvida quanto as missões e atitudes de Aramaki. Cada personagem preenche seu espaço nas páginas.

The Ghost in the Shell é uma obra atemporal e merece ser conferida, ainda mais com essa edição bem trabalhda pela equipe da JBC. Assim, corram para as bancas, livrarias ou lojas virtuais e adquira o seu.

Além dessa edição bacanuda, The Ghost in the Shell chegará aos cinemas no próximo ano com o nome Vigilantes do Amanhã: Ghost in the Shell, estrelado por Scarlett Johansson.

FICHA TÉCNICA

Título: The Ghost in the Shell
Autor: Masamune Shirow
Editora: JBC
Ano: 2016
Gênero: Ação, Ficção Científica