Reviews Séries 

The Flash | 6×15 – The Exorcism of Nash Wells

Para mim o melhor deste episódio de The Flash foi a vilã Sunshine, e ela é uma criação para a série, sem contrapartida nos quadrinhos da DC. Gostei demais da forma como ela queima as coisas e se locomove pela luz solar… E ela é mais uma fazendo missões a mando da Black Hole.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Eve criou um dispositivo e precisa dele para agir, pois ela consegue levar as pessoas para dentro do espelho, mas ela não consegue sair. Assim ela já tem Iris e Kamilla como suas capangas, e as duas originais devem estar presas em algum lugar dentro do espelho.

Infelizmente essa trama segue enfadonha, mesmo que com as mulheres arrasando em atuação, as coisas não andam muito, e espero que agora que tudo se conectou com a polícia e Joe, as coisas caminhem melhor na questão de trama e resolução.

Enquanto isso Barry, Cecile e CIsco buscam uma forma de resgatar Nash de dentro de sua própria mente, já que uma versão de Eobard começa a sair para que o Flash Reverso chegue a Terra-Prime, e todos conseguem que Nash encare os seus problemas e seja mais forte que Eobard. O legal é que no fim a Força Reversa é retirada de seu corpo, mas dá ideias a Barry.

Cisco e Caitlin lhe deram um dispositivo para medir sua conexão com a Força da Aceleração enquanto a mesma está em seu corpo. A ideia é eles criarem uma força que substitua a aceleração morta…

Espero que The Flash se encontre novamente, pois tem sido bem arrastrada, enquanto as outras séries do Arrowverse meio que já se encontraram.

Postagens relacionadas