The Flash | 4×13 – True Colors

E Barry finalmente conseguiu se livrar da prisão em um episódio divertido e cheio de dores. Quando finalmente gostamos de uma personagem, ela é derrotada e some de cena, mesmo ficando mais forte. The Flash até que soube lidar melhor com Ralph nesse episódio, dando mais profundidade a sua parte dramática.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Na parte da prisão acompanhamos as negociações de Wolfe com Amunet para a venda de Barry e mais 4 meta-humanos criados por DeVoe. Durante a fuga de Barry eles acabam estreitando o laço de amizade, mesmo que bizarro, e só quando descobrem que Barry é o The Flash que as coisas começam a ficar confusas.

Esperava que todos se virassem contra ele, mas Becky Sharpe acaba lhe ajudando e querendo usar o seu dom para a sorte para algo do bem, mas DeVoe aparece no meio do confronto contra Wolfe, que acaba morto junto de alguns outros homens da prisão, e ele mesmo pega os poderes de Ramsey Deacon, Mina Chaytan e Sylbert Rundine. Becky ainda foi pega e implorou por ajuda a Barry, mas acabou tendo seu corpo dominado por DeVoe.

DeVoe está perdido nessa sua busca por algo maior, e a Mecânica, sua esposa Marlize fica com um pé atrás e começa a usar métodos para ele não invadir mais sua mente. O problema é que ele começa a usar as lágrimas de Weeper para mantê-la ao seu lado.

Ralph teve a visita de um colega e ele jogou em sua cara que ele nunca terá fortes amigos, pois sempre os decepcionam. Gostei de colocarem Nevasca para lhe dar uma lição, mesmo achando que estão usando mal a personagem. Ralph faz de tudo para ajudar com medo de atrapalhar, mas acaba indo bem no final, quando com ajuda de Cecile resolve ir com a aparência de DeVoe para o julgamento, tirando assim as acusações de Barry sobre sua morte. A cara de Marlize foi excelente.

Com Barry do lado de fora, agora é ver a procura pelos meta-humanos restantes e como irão evitar que Ralph caia nas mãos de DeVoe. The Flash aqui foi divertida e intensa na medida. Não esperava que fossem matar tantos personagens de uma vez, mas ainda incomoda a prisão dos meta-humanos no STAR Labs.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.