The Big Bang Theory | 12×22-23-24 – The Maternal Conclusion / The Change Constant / The Stockholm Syndrome [Series Finale]

Momentos finais de The Big Bang Theory foram divertidos e entregou o que a série sempre promete. Nesses últimos 12 anos alguns personagens pareceram não sair do lugar, mas ao olhar para trás a série mostra que houveram mudanças e encerra com ar de dever cumprido.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Em “The Maternal Conclusion“, o mais bacana é ver Beverly se interessando pela vida acadêmica e familiar de Leonard, mesmo que no final se mostre fria e apenas fazendo estudos, foi muito bom vê-lo se levantar contra isso e entender e aceitar que ela é assim, e desculpá-la. Foi bom vê-la aceitar aquilo e assumir que precisava ouvir.

Então temos a confirmação de que Sheldon e Amy ganharam o Nobel de Física e “The Change Constant” trouxe inúmeras mudanças, como o elevador consertado e o novo visual e corte de cabelo de Amy, que faz o nerd surtar, mas com ajuda de Penny entende que as coisas estão em constante mudanças no universo e ele precisa aceitar isso.

Aí em “The Stockholm Syndrome” ele precisa compreender que ele não é o centro das coisas e que muitos o suportam por saber que ele é assim, e que neste momento todos só querem distância de seu egoísmo. Mudanças necessárias e ele se desculpa no meio do palco do Prêmio Nobel. Foi simples, bonito e emocionante encerrar a série ali.

Lógico que tivemos muito mais, como o compromisso de Howard e Bernadette com os filhos e a maneira como Stuart e Denise fazem parte das vidas deles, e sempre fará, só que chegou a hora dele sair e deixar a família Wollowitzs seguir em frente.

E o final mais gostoso foi ver Penny feliz em estar grávida e Leonard todo babão, a série mostrou que ela não queria aquilo, mas aconteceu e ela aceita, por se ver em um momento muito sólido da carreira e feliz com os amigos e casamento. Aceitar a mudança de carreira, ter de deixar de lado o sonho de ser atriz, e se fortalecer nas vendas, essa sim eovluiu demais, Penn teve um caminho interessante.

O mesmo não digo muito de Raj, que no final ficou meio estagnado, até tentaram uma namorada, Anu, mas não foi muito longe, e a série termina com ele ao lado de Sarah Michelle Gellar no Nobel.

Para mim é uma conclusão incrível, foram 12 anos acompanhando, mesmo tempo em que escrevo sobre séries e me viciei nisso. Comecei com The Big Bang Theory lá no Episódios Comentados e termino a série aqui, no Arroba Nerd, e feliz por ela ter feito parte de minha jornada. Foram altos e baixos, mas Penny, Leonard, Sheldon, Raj, Howard, Bernadette, Stuart e Barry sempre passaram por aqui.

Bazinga!

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.