The Big Bang Theory | 11×17 – The Athenaeum Allocation

Engraçado que este episódio de The Big Bang Theory tinha o foco das escolhas de casamento de Amy e Sheldon e como Leonard mantém algumas mentiras para se sentir melhor para cima do amigo, que sempre o coloca para baixo em alguns momentos, mas foram os dramas familiares de Bernadette e Howard que mais chamaram atenção.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

A forma como construíram as escolhas dos dois para os cuidados com Halley e Michael foi bem bacana, o amor que eles tem, mas logo surgiu a questão: quem deveria largar temporariamente o trabalho para cuidar em casa dos filhos. Bernadette ganha mais e tem um amor enorme pelos projetos da empresa, Howard também o possui, mas em casa poderia focar também no projeto com Amy.

Muitas escolhas e os dois acabam discutindo inicialmente, mas acaba que Bernadette decide ficar no trabalho, será legal ver Howard e ela lidando com essa nova situação.

Já Sheldon e Amy queriam pegar uma data no Anthenaeum da universidade, mas quem tem prioridade são os membros do clube, e fica bizarro quando Sheldon descobre que Leonard é membro e ele lhe disse que tinha mais de 400 pessoas na fila, sendo que era mentira. Leonard usou esse “privilégio” de que era um clube muito exclusivo para Sheldon desistir, enquanto se tornou membro e deixou Penny contente por ele ser de algo tão importante.

No fim eles não conseguem a data por conta de Kripke, que também um membro, ter reservado para o seu aniversário. Ri deles tentando de tudo para pegar o local, fazer várias trocas com Krypke, para ver Amy desistir do lugar e pensar em casar no planetário e Sheldon decidir também por isso.

The Big Bang Theory se mantém uma comédia leve, vai conduzindo bem os dramas e a vida de seus personagens, sabendo evoluí-los sem perder muito de sua essência. Muitas temporadas podem levar a série para algo mais cansativo, e eu esperava que ela terminasse na temporada passada, mas até que estou curtindo mais deste ao.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.