The Big Bang Theory | 10×14 – The Emotion Detection Automation

E as emoções foram os destaques deste episódio de The Big Bang Theory. De um lado um Raj completamente perdido em como agir com as mulheres, enquanto do outro Leonard não sabe bem como se expressar para não magoar Penny. Nesse meio de campo um Sheldon completamente perdido.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Eu amei a ideia de colocar um projeto do MIT para identificar os sentimentos e as emoções das pessoas e “decodificá-lo” para Sheldon. Fato é que souberem usar isso a seu favor e mostrar que ele está evoluindo bem socialmente. Da parte de Amy, foi bem bonitinho ver os dois juntos. A graça do projeto do MIT é que ele realmente existe, como pode ver aqui.

Usando isso em cima de Leonard, entra no caso o fato de que Penny quer o irmão, ex-traficante, vá ficar um tempo com eles e ainda trabalhar na empresa farmacêutica em que ela trabalha. Ideia ruim na visão de Leonard, mas com seu jeito ele não sabe expressar seus medos para Penny e guarda para si, mas Sheldon e seu app o tira dessa situação. Bom ver a briga dos dois, mas logo se resolveram.

Se por esse lado tudo foi até que tranquilo, a pior das ideias foi de Raj, que resolveu colocar todas as suas ex-namoradas no mesmo sofá e discutir os motivos da relação deles não terem dado certo. Disso tudo, ele só tirou o fato delas estarem em relacionamentos melhores, enquanto Howard conseguiu rir da situação. Raj nessa situação já é um avanço, uma vez que ele começou a série sem poder quase olhar mulher.

Vamos ver como The Big Bang Theory projeta os seus últimos episódios dessa temporada, mas volto a falar, seria bom a série terminar por agora, enquanto está por cima e com episódios até que interessantes.

Fico por aqui, comentem e to be continued