Supergirl | 4×21-22 – Red Dawn / The Quest for Peace [Season Finale]

Estes dois episódios finais de Supergirl foram até que interessantes. Focaram na conclusão de algumas tramas, trouxeram momentos muito bons para alguns personagens, mas o melhor é que Monitor voltou a atacar para preparar sua Crise nas Infinitas Terras.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Lena correu contra o tempo para ajudar de alguma forma a parar seu irmão e salvar James, precisando se unir até mesmo com sua mãe, Lilian, e descobrir que ali realmente há amor. O problema é que as duas são encurraladas por Lex, e precisam tomar alguma atitude.

Eve também tem seu destaque e ela manipula tudo ao seu redor, e já vemos que ela terá bastante trabalho na próxima temporada, ainda mais com Leviatã tão envolvido em suas ações. Quando uma senhora a para na rua deixando claro que Leviatã está em todos os lugares e que Eve terá mais uma vez sua chance de agir, foi sensacional.

Supergirl quase foi derrotada pela Filha Vermelha, mas Alex, ao se recobrar de suas memórias, a salva. A conversa de Kara e a garota é cheia de simbologia sobre esperança e força, mas faltou um algo mais no momento delas, principalmente com a Filha Vermelha vendo que Lex traiu a Kasnia e ela sendo morta, voltando a ser parte de Kara e terminando o ciclo do Harun-El.

Lex lutou bem contra Kara e deixou claro que seu vício é planejar destruir Clark, que mesmo em Argo, não sabia do perigo que corria, com o vilão apontando torpedos para destruir a única cidade kryptoniana que ainda sobrevive. Só que Kara o detém e Lena mata o irmão…

Lena sempre temeu que fosse enganada, e Lex jogou na cara dela que todos, até mesmo Lilian, sabiam que Kara é a Supergirl, e ela sempre foi enganada. Quero ver como isso irá converter a mente da mulher que sempre se mostrou forte e espero que não façam uma vilã avulsa na próxima temporada só por saber disso.

Agora, o Monitor voltou com tudo… Depois de pegar Oliver e Felicity em Arrow, ele agora traz o irmão de J’onn J’onzz para se vingar e devolve a vida de Lex, deixando claro que tem planos maiores.

Ben teve um desfecho na prisão com seu filho envergonhado por seus atos. Alex foi a força e o coração da temporada, tomando atitudes extremas e sendo incrível. James teve seu momento heróico, mas faltou alguma coisa na evolução desse seu lado, ainda mais que ele sempre esteve com Clark/Superman, o que poderia render alguns bons momentos.

Supergirl fez uma temporada bem inconstante e com excessos em seu tema central, mas não estragou a jornada da heroína, além de apresentar Nia/Sonhadora de forma a nos apaixonar por ela, e Brainy deixando seus dois lados à tona. Quero ver o que farão com o Caçador de Marte no próximo ano.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.