Supergirl | 2×01 – The Adventure of Supergirl

Depois da intensa e confusa dança de cadeiras entre The CW e CBS, e muitas informações sobre a participação do primo mais famoso de Kara, eis que finalmente Supergirl retornou para sua 2ª temporada e mesmo com a presença do homem de ferro, e o medo de que ele roubasse a atenção para si, a série continua sendo da espevitada e graciosa prima.

Começando de onde o último episódio da temporada passada terminou, vemos Kara e J’onn J’onzz indo até kriptoniana que cai em Nacional City, a questão é, quem é este último homem de krypton a chegar a Terra? Todos vimos que Kara não se deu muito bem com o marido da tia e muito menos com ela, assim fica difícil confiar em mais uma pessoa em seu caminho… Resta a ela e a ninguém menos que Clark Kent para ficar de olho nele.

O PRIMO

A chegada de Clark, o nosso Superman, é devido a um grande desastre que a queda de uma nave espacial teria e que Kara sozinha não daria conta. A chegada dele, as referências, tudo é tão delicioso de se ver que toda a conversa negativa em cima de Tyler Hoechlin por conta de seu porte físico ficam de lado. Seu Clark e encantador!

Suas conversas com a prima, seu entusiamo, a forma como deixa claro que é amigão de James Olsen e por isso sabe das intenções dele para a prima, Cat comentando sobre Lois e achando que ela tem um relacionamento poliamoroso com Clark e Superman. Tudo é tão leve e gostoso de se acompanhar que o episódio simplesmente voa diante de nossos olhos.

Mas como eu disse, a série é de Kara e Melissa Benoist continua entregando uma personagem deliciosamente forte e cômica. Sua confusão sobre o trabalho é real e muito bem ver uma heroína tendo problemas de pensar no futuro, em sua profissão. E Clark é importante para ela decidir virar repórter e sair um pouco das asas de Cat.

Supergirl

OS VILÕES

Por mais que Lena Luthor já apareça com o peso do sobrenome do irmão, que está preso por conta de Clark, ela tem uma personalidade excelente e a todo instante fiquei achando que ela contratou mesmo o Corben para criar problemas e fazer marketing para livrar da sombra do irmão, mas não, ele foi contratado pelo próprio Lex, na tentativa de evitar que a irmã mude a empresa enquanto ele vai preso.

A luta entre eles não é lá essas coisas, uma vez que o homem não tem poderes, mas eis que entra Alex na história e a irmã de Kara mostra que também é uma heroína. Enquanto Clark e Kara evitam um prédio de cair, ela evita a morte de Lena.

Com tudo isso acontecendo, pequenos detalhes fazem muito bem… Superman e J’onn J’onzz não se dão muito bem, principalmente com a agência tendo um estoque enorme de kryptonita por ali, o que acaba sendo um fator para ele ficar por National City um tempo. Corben acaba caindo nas mãos da CADMUS e querendo sobreviver acaba se tornando Metallo pelas mãos deles… E o que foi Wynn e toda a relação com os personagens ao seu redor? Empolgante.

Com tanto acontecendo e sendo tão agradável, Supergirl é um achado e tanto, e não é por menos que se tornou uma maiores audiências da The CW dos últimos anos.

Fico por aqui, comentem e to be continued