Star Trek: Discovery | 2×09 – Project Daedalus

Projeto Dédalo?

Star Trek: Discovery colocou todos da nave Discovery em uma caçada pela Frota Estelar, todos que continuaram ao lado de Capitão Pike, Michael e Spock estavam contra a Frota e considerados criminosos. O problema é que nesse meio tempo a própria Almirante Cornwell entrou em tal categoria.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Com eles precisando ir até a Central de Controle da Seção 31, o que vemos é uma viagem com destino a própria destruição, uma vez que o próprio ambiente ao redor do centro onde a Seção 31 fica alocado contém minas explosivas. Gostei da forma como apresentaram o local e como a seção mais perigosa da Frota Estelar se mantém escondido e protegido mesmo após a guerra.

Só que nesse meio tempo temos algo muito intenso para a série, Airiam. A forma como apresentaram a personagem, as escolhas de memórias que guardaria, a forma como ela e o marido “morreram”, mas ela se manteve viva como andróide, algo que ela não gosta de ser chamada, e a amizade dela com Tilly, Joan, Detmer, Nhan e Michael.

Dentro da Seção 31, e prontos para reiniciar o Controle Central da Frota Estelar para voltarem a ter acesso a planos, o que descobrimos é que a inteligência artificial está disposta a tudo para se manter pensante e com o controle de todas as informações possíveis, e assim tirá-los daqueles de vida consciente.

Assim temos Cornwell, Pike, Spock e Saru descobrindo que a intenção da inteligência artificial é destruir toda a vida, fazendo a visão de Spock, dada pelo Anjo Vermelho, se torne ainda mais real.

Só um problema nesse meio do caminho: Airiam.

A forma como a série a apresentou e matou a personagem foi algo tão sensível. Houve desenvolvimento, medo, amor, carinho, decisões difíceis e o fato de todos admirarem a amiga. Star Trek: Discovery rascunho a personagem até aqui, e aqui fez o trabalho de dar camadas e profundidade para ela, e nos fez sofrer com seu desfecho.

Antes de morrer um alerta: Michael é o centro de tudo isso e para irem atrás do Projeto Dédalo. Sem detalhes ainda…

Fato é que Dédalo na mitologia grega é um arquiteto, construiu o labirinto que conteve o minotauro, e fez várias descobertas quanto a matéria, formas e universo. Chegou a matar o próprio sobrinho por ciúmes.

Star Trek: Discovery agora foca no desenvolvimento do caminho que o Anjo Vermelho deve seguir para evitar a grande tragédia do futuro, além de mostrar que Spock não matou ninguém, e que a Inteligência Artificial criou hologramas para conter mentiras e evitar que Spock contasse o que sabe.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.