Star Trek: Discovery | 1×12 – Vaulting Ambition

Após a revelação de Tyler no episódio 11 de Star Trek: Discovery, a oficial Burnham vai até a nave imperial, levando consigo o prisioneiro Lorca, e assim eles realinham seus planos diante da descoberta da traição de Tyler.

O plano da oficial Tilly para acordar Stamets se mostra correto ao vermos o tenente dentro da Rede Micelial conversando com sua versão do Universo Espelho, que também se encontra preso no local. Sua versão espelho explica que se encontra preso lá devido suas experiências com a rede e que não consegue escapar, mas que com a ajuda do Stamets da Federação talvez ambos consigam encontrar uma saída.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Eis que os dois Stamets ainda na Rede se deparam com a degradação, que também já afeta a versão espelho.
Até que Stamets da Federação vê seu marido Culber na Rede e sai em busca dele pela Discovery da Rede. Os dois então se reencontram, conversam e lidam com a morte do médico, ocorrida no episódio 10. É um momento bem emocionante de se assistir ao ver Stamets lembrar que apesar de em transe na Rede ele testemunhou a morte e ainda pode segurar o corpo do marido em seus braços.

Mas Culber não apareceu ali para ajudar seu marido a lidar com sua perda, mas sim para salvá-lo alertando sobre o perigo em confiar na sua versão espelho, pois foi ele que gerou a degradação com suas experiências com a Rede neste universo. O médico então ajuda Stamets a sair do transe na Rede, o que também liberta sua versão espelho, que parece acordar em outra nave.

Ao acordar Paul verifica que a degradação já atingiu os esporos na Discovery o que possivelmente impossibilita o retorno ao Universo da Federação.

A trama de Tyler/Voq se aprofunda pouco nesse episódio com Saru pedindo o auxílio de L’Rell que após muito recusar decide ajudar a de alguma forma reequilibrar seu amante. Não fica claro o que ela faz em auxílio, mas isso será algo que com certeza veremos nos próximos episódios.

Enquanto isso Michael se encontra cara a cara com a Imperatriz Philipa, que se mostra impiedosa com Lorca, e com um infeliz khelpiano (que não é o Saru deste universo). Reunidas perante o conselho da Imperatriz, Michael revela a Philipa que é de outra dimensão, o que faz com que a Imperatriz mate seu conselho no mesmo instante para preservar o segredo de outra Terra sem o Império e sua cultura guerreira.

Michael e Philipa debatem as diferenças entre Império e Federação, enquanto Lorca consegue escapar de sua cela de agonia, bem quando Michael se dá conta da grande virada dessa série: Lorca é deste universo Espelho.

Este episódio foi excelente e manteve o ritmo já definido após o hiato, cheio de momentos marcantes e que continua a desenvolver a oficial Burham, mas nos surpreende com Lorca ainda mais. Nos textos aqui sempre ressaltei que Lorca não era como os outros capitães das séries anteriores e realmente não é nem do mesmo universo.

Nos vemos na próxima semana trekkies!

Lucas Rafael Faccioli

Nerd leitor de quadrinhos. Marvete de coração, dcnauta em crescimento.