Se Apagar, HQ de Bel Pardal, tem campanha lançada no Catarse

Bel Pardal, paulista e com 23 anos, trabalha com tecnologia, ilustração e agora lança sua primeira história em quadrinhos Se Apagar, abordando temas como auto aceitação e auto crítica. Nela, falará sobre a importância de nos aceitarmos como somos, mesmo nos momentos ruins quando achamos que não seremos interessantes para ninguém – e para quem sabe descobrirmos que na verdade somos mais do que pensamos ser.

O projeto está com campanha no Catarse (https://www.catarse.me/se-apagar), plataforma de financiamento coletivo, onde é possível contribuir com um valor e em troca receber, além da HQ, diversas recompensas.

Imagine um mundo todo escuro

A escuridão é esmagadora e todos sabem do perigo que é enfrentá-la. É nela que habitam suas inseguranças, medos e defeitos. Para se protegerem, as qualidades das pessoas são transformadas em lanternas, que iluminam seu redor e as mantém seguras.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Lina é uma jovem conhecida por suas lanternas coloridas e aconchegantes, fazendo com que aqueles que a conhecem a queiram por perto. No entanto, sua vida tranquila é abalada quando deixa de acreditar em si mesma e uma de suas lanternas simplesmente apaga. Desesperada pela possibilidade de se ver no escuro, Lina parte em uma jornada para descobrir como reacender sua lanterna.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.