Salem | 3×03 – The Reckoning

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Para mim está demorado demais o desenvolvimento de Salem. Estou curtindo Mary e sua jornada para evitar o fim do mundo com seu filho, mas a trama não anda, está arrastada e a trama de Mercy não mostra a que veio, mesmo com maquiagem e seus poderes estarem excelentes.

A trama do episódio ainda focou bastante em Anne e Cotton, que depois de fazer umas ervas conseguiu se livrar do familiar que a bruxa colocou dentro dele. Será interessante ver como ele lidará com isso agora, e o melhor é que ele está próximo de John e do Sentinela.

Falando no Sentinela, adorei a prisão de alma dele, onde ele prendeu Mary, e toda a explicação que ele deu sobre a criação do universo a sua queda por seguir o demônio que está no corpo de John. Voltando a prisão, gosto demais do trabalho de fotografia da série e como a tal prisão foi construída.

Agora, John pode não ter matado Mary, mas retirou tudo o que ela tinha. A cena dele a privando do controle de cada elemento foi sensacional!

Mercy e Hathorne estão indo contra Isaac, e o mesmo sofre ao se colocar contra a bruxa e ter sua jornada disposta a se vingar dela pelo o que foi feito com Dollie. A questão é que tanto Hathorne, quanto Mercy, tem poder para enfrentá-lo, já que ele está sozinho.

Por fim, tivemos Alden indo com a menina para ver a grande explosão vermelha só para descobrir que Sebastian está envolvido com os franceses para destruírem Salem. John e Sentinela tem interesses nessa guerra e no refúgio de todos em Salem.

Vamos ver como a série continuará levando suas tramas, e espero que Salem melhore um pouco a partir deste episódio.

Fico por aqui, comentem e to be continued