Rock Dog – No Faro do Sucesso | Crítica

Vindo no ritmo das animações de estúdios não tradicionais, vulgo a dupla Disney-Pixar, o filme Rock Dog – No Faro do Sucesso (Rock Dog, 2016) chega com uma trama simpática, mas sem muita inovação, sobre um cachorrinho que quer ser músico. Com uma premissa básica, a animação é baseada na famosa jornada do herói, mas dessa vez temos a história de um animal falante que vive num mundo onde os animais tem trabalhos, funções e vivem o dia-a-dia igual os humanos.

Assim, somos apresentados a Bodi, um cachorrinho da raça Mastim tibetano que mora numa Vila no topo da Montanha com seu pai Khampa que lidera o exercito da aldeia contra os lobos que querem devorar as ovelhas que moram na região. Lá cada um tem sua função, e o pai do protagonista espera que o filho assuma seu posto quando ele se for. Mas o personagem quer ser um músico, um rádio aparece do céu e mostra para o cachorrinho sua verdadeira vocação e depois de muita aprontar muita confusão na Vila em cenas engraçadas que fazem piadas nas dinâmica das ovelhas e seu pêlo ele parte para a cidade grande em busca de ser um astro da música.

Assim ele topa com o mega roqueiro super-star que sofre de bloqueio criativo, Angus Scattergood. O filme sabe explorar em vários momentos a ingenuidade de Bodi, o animal do interior com a malandragem dos outros animais da cidade grande e principalmente de Angus que vê a pressão de lançar um novo single rapidamente para agradar a sua produtora e claro seus fãs.

Foto: Paris Filmes

Ao passar a mensagem de acredite nos seus sonhos a animação faz um desenvolvimento bem rápido em suas tramas para chegar no ponto principal. A diversão para as crianças deve ser pelo visual colorido e chamativo que o filme tem, principalmente depois que o personagem muda de ares e começa sua jornada de aprendizado com o gato roqueiro de óculos escuros.

A trilha sonora é um destaque para o filme que trabalha músicas originais e alguns sucessos do rock. O lado mais cômico ainda fica para a gangue dos Lobos que tem o plano de dominar a Vila das Ovelhas, mas acabam sempre colocando o pé pelas mãos, no caso patadas sempre que podem.

Rock Dog – No Faro do Sucesso é uma animação fofa e engraçada, mas básica e muito no lugar comum. Sem muito glamour, mesmo com vozes conhecidas do cinema como Luke Wilson, JK Simons e Eddie Izzard, o filme se esforça para passar uma mensagem bacana para o público mais jovem mas para os adultos, vale a pena sentar, relaxar e curtir o filme que passa na velocidade de latido. 

Nota do Crítico:

A animação Rock Dog – No Faro Do Sucesso estréia em 04 de maio nos cinemas.