Riot Games e Spotify lançam projeto Sua Vibe no LoL

Sua pegada é mais um heavy metal ou um k-pop? Sua vibe está mais na linha do Yasuo ou da Lux? Para descobrir quem no mundo de League of Legends é sua “cara-metade” musical, a Riot Games e o Spotify anunciam, nesta terça-feira, 31, o projeto Sua Vibe no LoL.

League of Legends, game desenvolvido pela Riot e jogado por mais de 100 milhões de pessoas em todo o mundo, sempre flertou com a música. No ano passado, o Pentakill, banda fictícia formada por Campeões do LoL, lançou seu segundo álbum, o “II: Grasp of the Undying“, com participações especiais de artistas do mundo real como Tommy Lee (Mötley Crüe) e Mike Pitman (Xerath).

Agora, LoL volta com uma nova proposta musical, ao lado do Spotify, maior serviço global de streaming de música. Os jogadores que se amarram em uma boa playlist vão descobrir, com base no hábito de escuta do Spotify, com quem mais combinam no universo de League of Legends. Ao todo, são 17 Campeões e 17 playlists que abordam os mais variados gêneros, que vão do pop ao sertanejo, passando pelo eletrônico e punk rock.

A curadoria das playlists, que estão em sintonia com a lore dos personagens, foi feita pela Riot Games e contou com a colaboração da Academia de Piltover, programa formado pela comunidade de jogadores e criadores de conteúdo do League of Legends no Brasil.

Se sua jam é pop e você ama vocalistas empoderadas como Taylor Swift, Beyoncé, Dua Lipa, Florence e Selena Gomez, sua vibe provavelmente será a mesma da Lux. Se seus fones de ouvido estão sempre tocando clássicos do rap e hip hop, sua alma gêmea musical pode ser o Yasuo. Curte uma fossa? Talvez você e Amumu tenham algo em comum!

Sua Vibe no LoL já está disponível para jogadores de todo o Brasil e pode ser acessado em http://suavibe.br.leagueoflegends.com/.

Descubra sua vibe musical em League of Legends e compartilhe nas redes sociais utilizando a hashtag #SuaVibeNoLoL.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.