Destaques E3 Games Notícias 

Relacionamento entre Sony e E3 continua esfriando, mas o divórcio ainda não é oficial

Ano passado a Sony revelou que precisava de um tempo e que não era algo relacionado a E3 e sim que a própria empresa passava por uma fase de introspecção. Além disso, a mesma também não sentia que tinha algo que justificasse todo o investimento e optou por focar em uma comunicação mais direta com sua base de players e dada a reestruturação e mudanças dentro da própria Sony, fazia total sentido.

E claro que este fato gerou opiniões das mais diversificadas, mas não é de hoje também que a ESA, organização responsável pela E3 também anda tentando se reinventar e algumas publishers mesmo que ali presentes, já estavam meio que fazendo seus próprios eventos de forma mais individualizada devido ao fato de não concordarem com o rumo ou a falta do mesmo a cada novo evento.

Vale lembrar também que o ano passado contou com uma situação bem chata para a organização da E3 que, sem querer, vazou dados de vários jornalistas, youtubers e outros membros da mídia que participaram da cobertura do evento.

Mas, apesar do não comparecimento da Sony tudo indicava que as duas haviam apenas dado um “tempo” na relação e que em 2020, com a chegada do novo console da marca, as duas iriam se reconciliar e tudo iria voltar a ser como era, mas isso não se concretizou.

Inclusive, especulações já circulavam entre os sites de fofoca como Contigo e outros que talvez a reaproximação não rolaria e a própria Sony confirmou nesta segunda-feira (13) ao site gamesindustry.biz que a mesma não pretende dar as caras na E3 2020.

After thorough evaluation SIE has decided not to participate in E3 2020,” said a Sony Interactive Entertainment spokesperson. “We have great respect for the ESA as an organization, but we do not feel the vision of E3 2020 is the right venue for what we are focused on this year.” – trecho da entrevista concedida a Gamesindustry.biz

“Depois de uma cuidadosa avaliação, a SIE decidiu por não participar da E3 2020″. disse o porta-voz da Sony Interactive Entertainment. “Nós temos um grande respeito pela ESA como uma organização, mas não sentimos que a visão da E3 2020 seja o local adequado para o que focamos neste ano.“

Ainda de acordo com a entrevista, este ano é um momento de comemoração e a Sony vai buscar um foco maior em sua comunidade, participando de eventos ao redor do mundo, buscando estar mais presente em suas vidas e fazendo com que os fãs se sintam parte da família PlayStation.

E o ano de 2020 promete muita novidade, já que a Sony tem vários lançamentos previstos para o PlayStation 4, a chegada do PlayStation 5 e muitas outras revelações que provavelmente irão surgir ao decorrer do ano.

É fato que a E3 sempre fez parte da vida da Sony, onde esta sempre revelou suas maiores novidades desde o seu surgimento, mas de acordo com informações internas, o poliamor dos membros e participantes da organização da E3 já vinha esfriando e rola um conflito quanto ao rumo do evento. EA e Sony querem algo mais como uma celebração aos games com fãs e muita curtição, enquanto que outras participantes querem que o evento continue como era ou mais focado na própria indústria dos games.

E3 2015 – fonte Wikipedia

E nos últimos anos a ESA tentou meio que encontrar um ponto de equilíbrio que agradasse todo mundo, mas sem muito sucesso.

E do meu ponto de vista, dá pra sentir que a ESA está tentando salvar o relacionamento, mas agradar todo mundo é difícil. E para nós que sempre acompanhamos este evento que há tanto tempo une tudo que amamos em um único lugar, é até meio triste de ver o relacionamento entre estes se esfriando.

O que podemos fazer agora é torcer pelo melhor para cada um dos envolvidos e compreender que sempre existe a chance de um consenso através do diálogo. E que apesar da Sony ter dito que suas visões no momento são diferentes no momento atual, sempre existe o amanhã ou o próximo ano.

Fonte: gamesindustry.biz

Postagens relacionadas