Refém Do Jogo | Crítca

Com a tentativa de Hollywood em transformar o ator Dave Bautista numa nova espécie de The Rock temos ai a oportunidade de ter um revezamento entre ele e Jason Statam como protagonistas de filmes de ação. E não se engane, para os fãs do gênero, Refém Do Jogo (Final Score, 2018) faz um daqueles para se assistir e vibrar!

O longa é cheio de adrenalina e conta com um ritmo ágil para contar sua história, cheio de momentos impactantes mesmo que um pouco previsíveis ao longo de suas quase 2 horas.

refém do jogo crítica
Refém do Jogo | Foto: Imagem Filmes

Na trama, temos um sequestro que movimenta um jogo de futebol na cidade de Londres. O filme consegue mesclar uma história sobre revoltas políticas, forças armadas e ainda a importância da família num roteiro que mesmo que dê algumas voltas para chegar no ponto que quer, acerta em deixar o espectador inquieto para saber o que vai acontecer e como o personagem de Bautista, o ex-militar Michael Knox vai lidar com tudo aquilo.

Como um bom filme de ação, Refém do Jogo tem explosões, lutas violentas e algumas reviravoltas para contar sua história. Aliado com um humor inglês, cheio de insinuações e um pouco mais seco, a produção acaba por entregar um filme longe de ser ruim para o que ele parece.

Claro, mesmo com situações um pouco surreais como pular do telhado de uma ala do estádio, uma corrida de moto pelos corredores do local e uma longa espera para a partida terminar até chegarmos no climax do filme, onde o roteiro parece alienar os espectadores do jogo, Refém do Jogo faz um filme a cara de uma dessas produções americanas com o selo The Rock ecom uma fórmula pronta para dar certo.

Os vilões terroristas são aqueles típicos de filme, mas a atriz Alexandra Dinu rouba a cena como Tatiana, uma bad-ass agente russa que consegue lutar em termos de igual com o personagem de Dave Bautista. Lara Peake, como a rebelde sobrinha de Knox, Danni faz uma personagem que constrói um arco narrativo mais dramático para Bautista que aqui mostra que o gênero não é seu maior forte.

refém do jogo crítica
Refém do Jogo | Foto: Imagem Filmes

O filme ainda conta com a presença de Pierce Brosnan, uma participação de luxo, comparado com que o ator andou fazendo nos últimos tempos. Claro, nada muito que brilhe os olhos mas é bom ter uma presença mais conhecida. Amit Shah, como Amal, o funcionário do estádio serve para quebrar o ritmo mais tenso do filme e ainda falar sobre como os moradores de Londres vivem em termos de diversas culturas co-habitando no mesmo espaço.

Refém Do Jogo, entrega até mais que o promete, e faz um drama de ação que impressiona pelo seu ritmo e até mesmo na realidade de algumas violentas cenas. Liderados por Bautista, o filme até consegue deixar de lado o comportamento polêmico do ator fora de tela.

Nota do Crítico:

Refém do Jogo chega nos cinemas nacionais em 22 de Novembro!

Refém do Jogo chega nos cinemas nacionais em 22 de Novembro!

 

 

 

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales