Rare revela que streamers foram fundamentais para o sucesso de Sea of Thieves

O jogo de pirataria, Sea of Thieves conseguiu vender em 24h o que tinha como meta para os próximos três meses e isso se deve em parte ao Game Pass,  entretanto e de acordo com a Rare o que fez a diferença e ajudou nos resultados das vendas foi o pessoal que realizou o streaming do jogo.

De acordo com uma revelação feita por Joe Neate, produtor da Rare, o Game Pass teve sua parcela nos resultados, mas quem realmente fez a diferença foram os streamers jogando o game em plataformas como o Mixer e Twitch. Já que assim que foi permitido o streaming do closed beta, as vendas dispararam.

Como o número de vendas não foi divulgado só podemos trabalhar com as informações disponíveis, e de acordo com uma matéria do Gamasutra, o jogo contou com pelo menos 2 milhões de jogadores só na primeira semana e vale lembrar que a Microsoft também ressaltou que o jogo se tornou a IP que vendeu mais rápido no Xbox One.

Em Sea of Thieves você assume o papel de um pirata que vai saquear, pilhar e atacar outros navios enquanto navega pelos sete mares. O jogo é multiplayer e se passa em um mundo aberto onde os próprios jogadores criam suas histórias. O jogo da Rare foi lançado no dia 20 de março deste ano e foi uma aposta ambiciosa que vem mostrando que a empresa responsável por games como Donkey Kong Country, Banjo Kazooie e GoldenEye 007 para N64 ainda tem bala na agulha.

Vale lembrar também que já estão confirmadas novas expansões para o jogo: Cursed Sails e Forsaken Shores. Sendo que Curse Sails chega agora em julho.

Sea of Thieves está disponível para Xbox One e PC (Windows 10).

Erick Cartman

Um cara comum que passa seu tempo livre conferindo animes, filmes, games, kdramas, séries, livros e HQ's distópicas