Raio Negro/Black Lightning | 1×06 – Three Sevens: The Book of Thunder

Anissa, que já tinha bastante destaque na série, finalmente mostrou a que veio ao ver sua mãe passando por problemas e ter que correr para ajudá-la. Raio Negro (Black Lightning) está fazendo um bom trabalho de origem para Anissa, ou Tormenta, e esse episódio, sendo o início de sua jornada sob os olhos de seus pais, ainda trouxe momentos intensos para outros personagens.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Para Anissa seu maior problema está nas investidas em cima da pesquisa do avô e agora ele colocou a mãe o caminho. Lynn está perto de descobrir mais coisas, como a forma como a Luz Verde age na cabeça de seus viciados, e a comparação com os exames de Jefferson, ligando assim a meta-humanos. Com as duas convergindo para uma trama, as coisas tendem a ficar mais interessantes, mas o melhor é a forma como eles acabam descobrindo os poderes.

Com Lynn sofrendo um ataque de Lady Eve, Anissa corre para ajudar a mãe e ao vê-la presa dá um cacete nos bandidos, mas Raio Negro aparece para ajudar a esposa e acha que Anissa está por trás, e até travam uma batalha, para no fim eles descobrirem que a filha tem poderes. Esse levante dela está sensacional. Adorei a cena de Anissa perdendo a paciência e destruindo uma estátua.

Gambi esconde muitos segredos, principalmente que fazia parte da tal “agência” que Eve trabalha e como ele pede que todos fiquem longe da família Pierce. Fica mais interessante buscar entender esse seu elo, e da mesma forma, ele busca proteger Jefferson de seu instinto, já que agora quer matar Tobias a todo custo, só que o albino é protegido de Eve.

Tobias quer a cabeça do Raio Negro e Toledo é o único que o viu e passou um dado que não é mais real, já que Jefferson não está mais sofrendo por conta de seu traje. A questão é que Tobias agora tem Khalil do seu lado, e o jovem pode virar um meta-humano e se virar contra Jennifer, que tanto buscou estar ao seu lado.

Os diálogos da série, a maneira como lutam por uma vista justa em cima dos negros e a forma como são tratados pela polícia, tudo isso é de um trabalho sensacional em Raio Negro. Quando Jefferson coloca Anissa contra a parede por ela usar uma arma de plástico e ele ficar fora de si, não dá para entender, mas logo compreendemos que seu medo é que os policiais apenas liguem a arma a ela ser negra e fazer algo pior. Doloroso, mas importante nos tempos atuais discutir tudo isso.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.