Primeiras reações da crítica para Mulher-Maravilha são positivas

A medida que o lançamento do filme solo de Mulher-Maravilha chega, a crítica americana teve uma sessão especial junto com executivos da DC Comics e da Warner Bros na noite de sexta-feira lá nos EUA. Com embargo assinado com o estúdio e não podendo revelar nada sobre a trama, alguns participantes do evento usaram o Twitter para expressar a empolgação com o filme e elogiar a diretora Patty Jenkins.

Na trama vamos acompanhar a personagem de Gal Gadot ajudando nos eventos da Primeira Guerra Mundial quando o piloto Steve Trevor (Chris Pine, Star Trek: Além da Escuridão) cai na ilha habitada por amazonas. Vimos pela primeira vez a guerreira em Batman vs Superman: A Origem da Justiça (2016) e contaremos com a presença dela no filme da Liga da Justiça (2017).

Confira:

Eu acabei de ver Mulher-Maravilha. Não estou autorizada a falar ainda… mas eu digo que Patty Jenkins é um ser humano maravilhoso que é muito boa para esse mundo.

Escutei algumas reações de Mulher-Maravilha. Não posso dizer nada a não ser que eu mal posso esperar para todo mundo também ouvir.

Eu não posso falar muito, mas Gal Gadot faz uma atuação bonita, poderosa e cheia de nuance. Patty Jenkis é muito boa com os atores.

 

O filme parece ter conquistado a critica americana e mais reviews devem surgir quando o embargo do filme cair na última semana de Maio. O filme deve ter os famosos press day em breve também onde o elenco formado pelos atores Gal Gadot, Chris Pine, Robin Wright, Danny Huston, David Thewlis, Ewen Bremner, Saïd Taghmaoui e Lucy Davis é entrevistado junto com a diretora Patty Jenkis. 

No filme solo vamos acompanhar Diana Prince (Gadot) que é treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível e nunca saiu da paradisíaca ilha em que é reconhecida como princesa das Amazonas. Quando o piloto Steve Trevor (Pine) se acidenta e cai numa praia do local, ela descobre que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e decide deixar seu lar certa de que pode parar o conflito. Lutando para acabar com todas as lutas, Diana percebe o alcance de seus poderes e sua verdadeira missão na Terra.

Mulher Maravilha estréia em 1 de junho no Brasil.

  • Edivaldo

    Vamos ver.