Perfect Harmony | 1×02 – Fork Fest

Perfect Harmony fez um segundo episódio gostosinho, reforçam a chegada de Arthur a cidade e a forma que ele precisa se conectar com as pessoas. O mais legal é como eles trabalham a ideia da reputação em cidade pequena e fazem todos do coral terem problemas.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Arthur com sua mania de Nova Iorque tratou mal o curador do Fork Fest e o coral ficou mal na distribuição das apresentações. Ele entendendo que precisa se conectar e fazer a diferença como pessoa é muito legal, principalmente com a conversa motivacional sem sentido de Jax.

O legal é que Ginny faz tudo para ser uma pessoa boa, inclusive mentir sobre o motivo da separação de Wayne, e tudo para não constranger Cash, o filho dos dois. Só que as mulheres começam a achar que foi ela quem traiu o pai exemplar, e ela, nem ele, conseguem desmentir.

Com apenas um numero musical, depois de Arthur rolar na lama para pegar um porco e sua reputação, Wayne fala o motivo da separação e faz Ginny ficar bem. O legal é que a série ainda mostra uma amizade entre eles, mesmo que ele confunda querendo um beijo.

Espero pelos próximos episódios de Perfect Harmony, que não é tão perfeita como série, mas diverte um pouco, principalmente por conta de Anna Camp, que é amável. Além disso, temos outros personagens que devem ficar interessantes quando for hora de ganharem seu destaque, como Adam e Dwayne.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.