Pav Grochola, supervisor de efeitos visuais de Homem-Aranha no Aranhaverso, vem à CCXP19

 A CCXP tornou-se o epicentro da cultura pop ao redor do mundo, onde os fãs podem expressar seu amor, compartilhar ideias e ficar frente a frente com seus artistas favoritos. E como são pessoas apaixonadas pelo conhecimento, descobrir como as obras tomam forma e ganham vida tem grande importância para essa experiência. Por isso, na quinta-feira (5), o festival recebe Pav Grochola, supervisor de efeitos visuais (VFX Supervisor) da Sony Pictures Imageworks e integrante do time responsável pelo ganhador do Oscar 2019 na categoria de Melhor Animação, o longa Homem-Aranha no Aranhaverso. Sua participação na CCXP19 – que acontece entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo – é um convite do VFXRIO, um dos mais importantes eventos dedicados à tecnologia e entretenimento, realizado entre 30 de novembro e 2 de dezembro, na Casa Firjan, no Rio de Janeiro.

Os segredos utilizados pela equipe do filme, e que foram responsáveis por torna-lo um marco na história das animações, serão revelados por Pav Grochola. Um dos elementos mais elogiados pelos especialistas foi o estilo escolhido. Com uma mistura de animação tradicional, quadrinhos e CGI, Homem-Aranha no Aranhaverso adotou um formato híbrido, descartando-se como algo nunca antes visto nos cinemas e como um filme aclamado pela crítica e público. O longa rendeu a ele o prêmio da Visual Effects Society na categoria Simulação de efeitos especiais em animação.

Atualmente, Pav Grochola é supervisor e Lead VFX artist da Sony Pictures Imageworks. Depois de terminar o curso de Belas Artes na Austrália, em 1999, Grochola viu seu futuro na produção digital de conteúdo. Ele começou a carreira produzindo efeitos visuais para comerciais e, logo depois, mudou-se para Londres para trabalhar com cinema. O profissional passou cinco anos na Double Negative, especializou-se em animação e trabalhou em vários filmes da franquia Harry Potter. Sua carreira inclui 29 longas-metragens e inúmeros prêmios, entre eles o Annie Award por seu trabalho em Edge of Tomorrow (No Limite do Amanhã).

Em 2018, o festival recebeu 262 mil visitantes, batendo recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do mundo. A CCXP já faz parte do calendário cultural do país e este ano acontecerá entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo. Saiba mais em www.ccxp.com.br.  

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.