Netflix na disputa por direitos do filme Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile!

Depois de estrear no Festival de Sundance desse ano, o longa Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile, não achou um distribuidor pelo fato da concorrência ser gigante.

Segundo o site Collider, a Netflix está na disputa para comprar os direitos do filme, tanto nos EUA, quanto nos mercados internacional. O serviço de streaming, ofereceu 9 milhões de dólares pelo filme, saindo na frente das produtoras Lionsgate e STX Films.

Para o site Deadline, a venda é certa e o serviço de streaming planeja a distribuição durante a temporada de premiações.

A Netflix não anunciou formalmente a compra.

Zac Efron interpreta Bundy um dos assassinos seriais mais conhecidos dos EUA. Lily Collins, também, estrela o filme que tem direção de Joe Berlinger.

Em Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile, vamos acompanhar diversas fases do relacionamento abusivo entre Bundy e sua namorada Elizabeth Kloepfer (Lily Collins).

A dupla começou a s relacionar na década de 60, onde por várias vezes a jovem denunciou Bundy para a polícia por maus tratos.

No anos 70, Bundy matou e torturou diversas mulheres. Ele foi preso e condenado à morte na cadeira elétrica no final dos anos 80, onde confessou mais de 30 casos.

O roteiro ficou nas mãos de Michael Werwie.

No elenco ainda temos Kaya Scodelario, Jim Parsons, John Malkovich e Haley Joel Osment.

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales