My Hero Academia #6 | Resenha

Quando você fica empolgado com um mangá, ou qualquer outra leitura, você se vê devorando o produto em mãos, e este 6º volume de My Hero Academia não é diferente. A evolução da trama, o excesso de detalhes, o desenvolvimento dos personagens, o traço, tudo se encaixa tão bem na obra de Kohei Horikoshi que você não sente terminar a leitura das 200 páginas e mesmo assim sente como se estivesse entupido de tantas informações.

A trama deste volume segue o torneio da UA e os jovens em uns dias de descanso, onde acabam encarando o fato de que são famosos. A maior questão após isso é a escolha dos nomes de heróis e as coisas seguem cheio de momentos cômicos, nomes estranhos, mas o melhor fica para Midoriya escolhendo Deku como forma de superar o bullying que sofria quando menor, enquanto vemos Iida tentando superar o ocorrido com o irmão e não só escolhendo Ingenium como seu nome de herói, como jurando vingança contra aquele que o machucou.

A primeira parte do mangá fica com mais estudos, onde os jovens são enviados para instituições heroicas para aprender a lidar com divergência, vilões e o improviso, e aí temos ótimos momentos cômicos muito bem dosados com as experiências de Midoriya com Gran Torino, o antigo mestre de All Might, que faz o rapaz tirar o melhor de si e a aprender a usar melhor o One for All em nível 5% sem destruir seu corpo. Além do aprendizado do jovem, Torino ainda deixa no ar algo que All Might não falou para Midoriya…

Então a trama acaba indo para os vilões, onde vemos Stain sendo chamado para a liga dos vilões e recusando, mas criando ainda uma enorme inimizade com Shigaraki, que está focado em destruir não só All Might, mas também coloca Midoriya em seu radar. O problema então foca em Midoriya indo salvar Iida que fica no caminho de Stain e este quer matar todos os heróis e temos uma explicação excelente para como ele deixa os heróis imóveis… Quando ele machuca o herói e lambe seu sangue, ele paralisa o seu corpo.

Toda a cena de ação é muito bem desenhada, as explicações vem no momento certo, a entrada de outros heróis na luta contra Stain são ótimas, pois agora temos ele contra Iida, Midoriya e a Shoto, nos deixando com um gosto de quero mais para a próxima edição.

My Hero Academia ainda consegue desenrolar momentos pequenos que precisam de explicação de forma ágil, sem parar as tramas para adentar neles, como Shoto rapidamente explicando a aceitação de seu dom do fogo e como sua mãe o perdoa, ou com Uraraka mostrando mais força em suas escolhas. Ajuda muito essa edição bacana que a Editora JBC tem entregue.

FICHA TÉCNICA

Título: My Hero Academia #6
Título Original: Buko No Hiro Academia #6
Autor: Kohei Horikoshi
Editora: JBC
Ano: 2017
Gênero: Ação, Aventura
Páginas: 200
Formato: 20,4 x 13,4 x 1,2 cm
ISBN: 978-85-457-0318-1

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.