Monstress, vencedora do Prêmio Hugo, chega ao Brasil pela Editora Pixel

Sucesso da Image Comics e vencedora do Prêmio Hugo para Melhor História Gráfica, Monstress, finalmente chega às livrarias brasileiras pela Editora Pixel. A HQ, que foi uma das mais vendidas em 2016, recebeu várias indicações ao Prêmio Eisner e foi escrita pela americana Marjorie Liu e ilustrada pela artista japonesa Sana Takeda.

Consagrada várias vezes nas listas de mais vendidos do The New York Times, Liu já fez diversas parcerias com a Marvel escrevendo histórias da Viúva Negra e outras séries relacionadas com os X-Men. Takeda também trabalhou com a Marvel ilustrando diversas histórias da marca.

A série Monstress traz um ambiente negro e adulto, voltado para o steampunk, e é uma junção de fantasia e ficção cientifica. Marjorie Liu narra a história de Maika Halfwolf, uma adolescente arcânica que sobreviveu a uma guerra cataclísmica entre humanos e arcânicos – uma raça híbrida que descende dos Anciãos.

Depois da guerra, a protagonista é escravizada por bruxas inimigas que suspeitam dos seus grandes poderes. Na luta pela sobrevivência, ela começa a desvendar o seu misterioso passado e, durante o processo, descobre que tem uma ligação psíquica com uma poderosa criatura de outro mundo.

Os acontecimentos da HQ ocorrem em 1900 em um Ásia alternativa e matriarcal, e explora problemas sociais e políticos da vida real de uma maneira inovadora. A concisão e origem do universo em que a história decorre é um dos pontos mais elogiados da HQ, que promete ser um sucesso entre os amantes brasileiros de quadrinhos e mangás.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.