Modern Family | 11×06 – A Game of Chicken

Modern Family com humor soube mostrar como é ruim a vida trabalhando sob estresse e também as novas formas de criar empresas e ideias, mas é Gloria falando sobre batismo que acaba chamando mais atenção, ainda mais quando ela quase “sequestra” os filhos de Haley para salvar suas almas.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

As coisas na empresa estão ficando cada vez mais tensas e as cobranças todas recaem sobre Claire, que já não aguenta mais e ver Luke interessado em investir em algo novo e estar no momento de frescor da ideia, acaba lhe dando a ideia de pedir as contas e faz isso com apoio de Phil.

Foi interessante derem um espaço a mais para Luke e sair completamente do óbvio com o personagem. Ri com Phil achando que o filho o trocou por Scooter, mas ele só queria uma visão real e não a do pai que lhe apoia em tudo.

Agora, Gloria querendo ficar com Poppy e George para poder batizá-los na igreja católica e assim evitar que eles tenham suas almas condenadas, foi hilário. Jay pegando ela e o padre no pulo e com a desculpa que era para exorcizar Poppy foi muito bom, ainda mais com Dylan aparecendo e acreditando nisso.

Para fechar Haley deixou claro que o conceito de Deus que ela tem está conectado a todas as coisas e não será o batismo que irá mudar sua concepção, e que ela e Dylan deveriam ir até uma floresta silenciosa e se sentir assim com sua família.

E por fim tivemos Cam analisando uma proposta de emprego em outro estado sem avisar a Mitchell, o que acaba mostrando uma falta de comunicação entre eles. Só que acredito que no fim eles devem sair de perto da família e focar na carreira de Cam.

Lily teve pequenos momentos, Michell arrumando uma fantasia para ajudar Cam a focar no jogo e parar de criar situações para o golfinho lhe zoar e viralizar na internet.

Modern Family caminha para o seu fim e a série busca criar dramas e situações cômicas para concluir o desenvolvimento de seus personagens.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.