Marvel – Punho de Ferro | 2×07-10 – Os Episódios Finais [Com Spoiler]

A 2ª temporada de Marvel – Punho de Ferro de um salto imensurável em cima do que foi apresentado em sua temporada inicial, e tanto a escolha do novo showrunner, rumo da série, elenco e a decisão de ter somente 10 episódios, tornou isso ainda melhor. Os 4 últimos episódios então foca mais no passado de alguns personagens, principalmente de Mary Walker, mas ainda traz mudanças em personagens importantes, como Colleen.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Continuamos então com nossa review sabendo que Danny não só teve sua perna quebrada por Davos, como perdeu para ele o seu Chi, assim, em “2×07 – Morning of the Mindstorm” e “2×08 – Citadel on the Edge of Vengeance“, acabamos acompanhando um personagem ainda mais fragilizado, procurando entender como irá parar o amigo e não na busca incansável de ser o Punho de Ferro Imortal. Seus momentos com Colleen são sensacionais, e mesmo que ela relute em lhe treinar, ela acaba cedendo e no final se vê envolvida em uma questão enorme: seria ela uma nova Punho de Ferro? Gostei de mudarem esse contexto.

Quem acaba também roubando a cena é Misty Knight, que mostra mais força em sua personagem e traz momentos deliciosas de investigação, principalmente quanto a origem do vasilhame que é importante para a transformação de Davos. Ela então se junta a Joy para conseguir a vasilha e acabar com a ascensão do vilão, que vai se mostrando cada vez mais maluco com o poder e seu desejo de tirar a Tríade da cidade, não deixando ninguém seguro, nem dos Tigres, nem dos Carrascos… Só que nem mesmo a população, já que ele começa a matar todo mundo.

Gostei demais de ver um aprofundamento em Mary Walker nestes dois episódios, principalmente por sua ligação com Sokovia e assim ligando novamente a série ao MCU, já que ela sofreu nos campos de concentração da HYDRA para se tornar uma aprimorada, mas na queda da organização e na destruição de Sokovia, que só havia deixado Wanda e Pietro, ela sobreviveu graças a uma de suas personalidades.

Mary é a centrada, organizada, gentil, enquanto Walker é a guerreira e explosiva que quer proteger a custo de dinheiro. O problema é que há momentos em branco que nenhuma das duas conseguem explicar, mostrando ainda haver uma 3ª personalidade. Só que sem ainda aprofundarem nisso, acabam colocando o confuso Ward no caminho dela para salvarem Joy, que sabe que será um sacrifício se voltar contra Davos.

Então entramos em “2×09 – War Without End” com a história já caminhando para uma conclusão até que rápida, já que Davos começa a mostrar que está insano atrás de poder e Danny acaba mostrando ao amigo que ele não é normal para ser o portador do dragão. Então surge a grande ideia de colocar Colleen em tal papel, como vemos em “2×10 – A Duel of Iron“.

A forma como Colleen aceita é bem interessante, BB é morto por um dos colegas que estão com Davos e ela sabe que precisará de alguém com pulso firme para colocar tudo em ordem. Achei que fossem enrolar mais para pegarem Davos, mas foi tranquilo, mesmo que Mary estivesse no caminho. Então temos as Irmãs fazendo a tatuagem e colocando o dragão com estilo de garça no braço de Colleen.

A partir deste momento são cenas de ação bem instigantes, Colleen com o punho branco e a conclusão com Davos teoricamente perdendo a sua parte do coração e chi do dragão. Colleen então entende que terá que liderar a cidade e evitar que a Tríade retorne com a mesma força e horror. Adorei ela e a Sra. Yang falando de que sempre deverá haver uma balança.

Então temos a conclusão de Mary, que ficará no pé de Joy, pois ela sabe que tem uma 3ª personalidade, oi Blood Mary, em sua mente e somente Mary e Walker confiam em Joy e precisarão de informações sobre quem a enviou para Sokovia.

Ward começa a achar seu caminho e ele está traçado ao lado de Danny, que resolve ir para o Japão atrás de Orson Randall, para obter informações sobre o corpo do Punho de Ferro que Davos conseguiu. Alguns meses depois vemos que Danny ainda tem o chi do dragão em si e consegue manipular a energia para as balas, e da mesma forma vemos que Colleen consegue energizar sua espada.

Marvel – Punho de Ferro encerra uma temporada bem interessante deixando bons elementos a solta, principalmente quanto ao fato de Misty Knight e Colleen precisarem agora lidar até mesmo com Luke Cage, que está saindo do controle. O saldo da temporada é que a série foi inteira das Filhas do Dragão, ou melhor, Knightwing. Vamos ver os próximos caminhos do Universo Marvel na Netflix.

Marvel – Punho de Ferro tem estreia mundial no dia 07 de setembro pela Netflix! Conferimos os episódios:

  • 2×07 – Morning of the Mindstorm
  • 2×08 – Citadel on the Edge of Vengeance
  • 2×09 – War Without End
  • 2×10 – A Duel of Iron

Obs: Há uma cena pós-crédito envolvendo o Demolidor (veja aqui).

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.