Marvel – O Justiceiro | 1×06-07 – The Judas Goat / Crosshair

Estes dois episódios trouxeram o lado mais humano de Frank à tona, e isso Marvel – O Justiceiro tem feito de forma excelente, pois ele não fica sendo apenas o atirador sem coração e cego por vingança, mas também passa a pensar nas pessoas a sua volta, chegando a reforçar sua amizade com Micro. Estes dois episódios foram bem reveladores sobre todos os acontecimentos.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Curtis consegue ajudar Micro a salvar a vida de Frank, mas no decorrer dos episódios as coisas começam a mudar, principalmente com Bill descobrindo não só que Dinah está investigando Frank, como que o próprio está vivo, mas tudo isso pode se converter em medo, já que descobrimos que Bill trabalha com Rawlins.

A medida que as investigações de Frank e Micro vão avançando, eles acabam descobrindo mais uma cabeça do Cerberus, Bennet, e quando vão enfrentá-lo, Frank quase acaba morto, mas escapa com ajuda de Micro. Esperava que esse confronto com os cabeças fosse demorar mais, só que foi bom não enrolarem tanto. O problema é que Bill agora desconfia de que alguém do escritório de Dinah esteja grampeado, e o próprio acaba matando Bennet.

Os dramas de Curtis ainda convergem para cima de Lewis, que vai preso por confrontar a polícia e descobre que o homem cheio de pose nos encontros dos ex-militares na verdade é um farsante, matando-o em um momento de confronto. Quero muito ver como eles irão lidar com isso.

Outro ponto é que Frank prefere agora manter uma certa distância da família de Micro, e vemos que seu filho está completamente abalado por conta de tudo o que já aconteceu com eles. Quero mais detalhes sobre eles. Gostei de ver Micro salvando o corpo de Gunner, lhe garantindo um funeral, mas ele acabou levando Dinah até o local do tiroteio e assim achando o sangue de Frank.

Esperando por mais desenvolvimento de Marvel – O Justiceiro, pois a série vem sendo instigante em cada detalhe e nos fazendo torcer por Frank e Micro. A cada episódio fica a certeza de mais uma produção acertada na parceria entre Marvel e Netflix.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.