Marvel – Fugitivos | 2×10-11 – Hostile Takeover / Last Waltz

Mais dois episódios muito bons para Marvel – Fugitivos (Runaways), um com o confronto contra Awol e outro para libertar. Essa metade da temporada veio para trazer tormenta para todos os personagens e chacolhar seus mundos, mas também para trazer mais pessoas para perto dos Fugitivos, como Xavin.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Awol, após matar Flores, faz de tudo para mostrar poder, então sequestra Livvie a força a lhe mostrar onde as crianças estão se escondendo. O problema é que dentro do hostel Gert e Alfazema estão muito doentes, obrigando Nico levar seu poder a extremos para protegê-los.

Tivemos muita cena de discussão, afinal, Alex os enganou e agora Awol está ali para levá-los, mas então eles precisam ceder a mente e Alex, que consegue bolar um plano, só que Nico está muito fraca. Ainda protegidos por magia, Chase e Gert conseguem escapar e ele a leva para Dale e Stacey, deixando Molly, Nico, Karolina e Alex com uma das Fistgonas para trás.

Gostei da forma como construíram as coisas e também temos Awol durão, mas com medo por conta da inexperiência deles. Quando todos baixam a guarda por Nico estar muito fraca, a invasão da polícia é certa, só que a bruxa acorda em um transe que a deixa super poderosa, e com o rosto cheio de manchas parecendo o Kaecilius, vilão do filme Doutor Estranho, ela faz todos eles simplesmente desaparecerem no ar.

Após conseguirem se livrar de Awol, eles precisam se livrar de Stacey e Dale, que prendem Gert e Chase. Foi legal ver o amor em família, mas Stacey está possuída por alguma forma alien que a modifica bastante, e vemos isso em Tina, que foca em comida e guloseimas, e Victor, que está todo amoroso com Janet, mas do nada volta ao padrão e surta. No fim de “Hostile Takeover” o vemos colando cartazes com escritas alien pedindo para eles procurarem Victor e Tina.

Foi legal ver a comemoração de 15 anos de Molly, um momento comemorativo na série depois de tantas correrias, mas Victor ligou para Chase e ao falar que está doente, consegue fazer o filho largar os Fugitivos. Despedida interessante.

E também tivemos Karolina sendo encontrada pela primeira vez por Xavin, já quero ver como irão lidar com a relação das duas personagens e suas explicações.

Frank quer a igreja a qualquer custo, e ao colocar Aura e sua amiga contra Leslie, ele consegue fazê-la ser internada. Assim descobrimos que ela está grávida novamente, e em busca de uma forma de se livrar da clínica da igreja, ela descobre que a mulher que está lhe dando ordens, na verdade é sua mãe, Susan. Parece que vem problemas para ela…

Marvel – Fugitivos (Runaways) continua indo bem, os garotos fazem as típicas merdas de adolescentes e o roteiro consegue nos segurar em todos os instantes. Mudar o foco da metade da temporada foi interessante por dar outra vida a série.

Ah! Não só a aparência de Nico com Kaecilius nos ligando ao MCU, mas também temos Alex falando de Wakanda, e uma placa da Roxxon.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.