Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. | 5×22 – The End [Season Finale]

E chegamos ao fim da temporada de Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. e nada da Terra rachar!!! Uma coisa que meio que me frustrou, mas fica evidente que passa em tempos diferentes, é a conexão com Vigadores: Guerra Infinita. Este fim de temporada não chegou ao ponto do estalo de dedos de Thanos, ainda segue a luta em Nova Iorque e no máximo com os heróis indo para Wakanda, então faz sentido. Ao menos Graviton mostrou ser perigoso…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

A grande heroína e que sabe que deve se manter neste papel, foi Daisy Johnson, nossa querida Skye, e poderosa Tremor, adorei ela vendo-se humana, tomando decisões sem pensar, como salvar Coulson, mesmo sabendo que esse seria o problema deles, ou então se aplicar o soro Centípede para destruir Graviton. Sua melhor decisão foi passar a missão que seria sua, de guiar a SHIELD, para Mack.

Voltando a trama do episódio, Graviton, já que Talbot está fora de controle, conseguiu que Robin lhe transmitisse os locais onde estão os poços de Gravitonium, e sua primeira ação é ir para Chicago. Ali ele tira um pedaço enorme de terra e acha fragmentos do elemento e ele precisa de mais força para minerá-lo. Assim, com a chegada de Daisy, ele resolve “assimilá-la” e usar seu poder para acessar o fundo da Terra, mas acaba caindo na armadilha dela e assim é enviado em um “tiro” para o espaço.

A série acaba dando umas reviravoltas para o seu final, mudando o destino de seus personagens, como manter Deke no presente e deixá-lo curtir a Terra da forma que é, sem a destruição onde cresceu, e não tentando fazê-lo ser um par para Daisy. Achei que ele fosse sumir depois que Fitz foi atingido e dão a entender que ele morreu, mas o “funeral” acaba sendo para Coulson, que conseguiu uma sobrevida, enquanto Fitz parece ter ficado paraplégico.

Mack agora está à frente da SHIELD, com Daisy, Ioiô, Simmons, Fitz, Piper e os outros agentes lhe respondendo, mas sem dar pista sobre como Maria Hill e Nick Fury encaixam nesse processo. Como a série ainda não alcançou o “estalo de Thanos”, ainda tem um período para se aproveitar e criar tramas para ajudar os Vingadores e até momentos próprios.

Agora, Coulson e May terminam onde a série começou: Taiti. O agente, que está com os dias contados, acabou indo para umas “férias” com May, para quem finalmente assumiu seus sentimentos. Um final interessante e que deve mudar ainda com a chegada da nova temporada.

Marvel – Agents of S.H.I.E.L.D. foi renovada para uma 6ª temporada de 13 episódios e deverá ser mais interessante montar uma temporada menor, com tramas mais enxutas. Agora é torcer para que os produtores e roteiristas pensem dessa forma, aproximando mais ao formato das séries Marvel/Netflix. Clark Gregg deverá dar um tempo da série para se dedicar ao filme da Capitã Marvel, onde veremos o início do agente na SHIELD.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.