Legends of Tomorrow | 2×12 – Camelot/3000

Trabalhando em dois tempos diferentes, mas mostrando mais somente de Camelot, Legends of Tomorrow volta a tábula redonda de Rei Arthur para nos mostrar um novo tipo de Merlin, só que a questão é que desde o início eu esperava que este Merlin fosse Malcolm Merlin

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Indo alguns anos no futuro, no ano de 3000, vemos o encontro fatal de Rip Hunter e Doutor Meia-Noite, mas infelizmente não mostraram muito da batalha entre os dois, cortando para a morte do doutor. Dessa morte temos uma variação no tempo e Gideon nos leva até o local para que os Lendários descubram o que ocorreu e ligue os fatos, uma vez que ficam curiosos com a presença de Doutor Meia-Noite no futuro.

O problema é que Rip agora tem mais uma parte da lança em sua posse, peça essa que estava implantada em Meia-Noite e o mesmo se tornou um grande cientista. Ali ele criou um objeto capaz de controlar a mente de outras pessoas, que acaba sendo roubados por Rip, e também por Martin, o que rendeu um elogio de Mick.

Voltando no passado para evitar que uma 3ª parte da Lança do Destino caia nas mãos de Rip, eles descobrem que este pedaço está em Camelot, mas o mais surpreendente não é ver os personagens da Tábula redonda, mas sim que Courtney, a Sideral da Sociedade da Justiça, é Merlim, e eu jurando que Malcolm pegaria o papel.

Como ela foi parar no passado? Rip contatou a Sociedade da Justiça e separou algumas pessoas em partiram a Lança do Destino em quatro e colocou alguns membros da Sociedade da Justiça para ocultá-las e defendê-las em inúmeras eras.

Arthur e seus cavaleiros acabam sendo controlados por Rip, trazendo o lado heroico de Ray mais aflorado, assim como colocando Sara Lance com Gwinnevere, o que acaba gerando um trocadilho dela ser Lance-a-lot, o famoso Lancelot dos contos… Rip acaba sendo machucado e Damien, que estava ajudando-o no controle dos Cavaleiros Negros, acaba o deixando para trás.

No fim temos um problema: os lendários tem uma parte da lança, Rip e a legião tem 2, deixando uma escondida ainda, mas, sempre tem um mas, Gideon ainda aceita ordens de Rip, o que deve gerar muita confusão nos próximos episódios…

Espero que Legends of Tomorrow mantenha o ritmo destes episódio, pois foi interessante, um desenvolvimento bacana e aumentando sua história ao explorar mais da Sociedade e deixar claro que Amaya já pertence aos lendários, mas com o orgulho da equipe anterior.

Fico por aqui, comentem e to be continued