Legends of Tomorrow | 2×05 – Compromised

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

E nossas lendas do amanhã continua mais embananados do que nunca neste episódio de Legends of Tomorrow. Infelizmente a série não parece se esforçar para nos cativar e fica muito em cima do elenco, já que o roteiro é sem graça e coloca os heróis e situações sem sal.

O foco deste episódio foi na sede de vingança de Sara que pode ficar cara-a-cara com Damien e depois de colocar todos em risco, ela confronta o vilão, querendo logo matá-lo, e deixando claro que seus planos, sua arca, nunca será construída e que ele verá todos que ama morrer, incluindo mulher e filha… Sorte dele que Eobard tem outros planos e evitou que Sara alterasse sua linha temporal com sua morte. Não sei o que esperar dessa viagem no tempo de Damien ao lado de Eobard…

Mais uma vez vemos o jovem e egocêntrico Martin escolhendo seus estudos a passar mais tempo com sua esposa, o que deixa o Martin do futuro completamente incomodado de como ele era e como ele ficou, mostrando que muitas dessas mudanças de sua personalidade foi influenciadas por ele mesmo.

A luta deste episódio foi contra as armas nucleares e com Damien querendo estocá-las, modificando o tratado dos Estados Unidos e Rússia pós-Guerra Fria. Só que faltou urgência no roteiro, que focou mias no treinamento de Ray como o novo Capitão Frio, o que irritou Mick por ele não ser tão controlado como Snart.

Outro ponto é que vemos Obsidian falando com Amaya que sua debandada da Sociedade da Justiça causou o seu fim prematuro. Ela explica sobre ir atrás do velocista que matou Rex e Nate descobre como seu avô era a parte que unia os membros da equipe após uma briga, deixando o ambiente mais leve.

Ainda esperando que Legends of Tomorrow mostre a que veio…

Fico por aqui, comentem e to be continued