Legends of Tomorrow | 2×04 – Abominations

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Ainda sem mostrar a que realmente veio, Legends of Tomorrow ao menos trouxe um episódio interessante mostrando a Guerra Civil norte-americana e como eram tratados os escravos da época, nos levando as lágrimas em um momento tão intenso.

Ao colocar uma nave dos Time Masters perdida caindo em Mississipi de 1863 e um dos antigos membros trazendo uma revolução zumbi para a guerra, a história poderia entrar em uma catástrofe, mas os lendários foram salvar o dia. O problema é que um herói americano, Henry Scott, acaba moto. Resta a Jefferson seguir seus passos e honrar seu nome.

Com Amaya os dois buscam se infiltrar com os Confederados e assim roubar seus planos para a União, o General Grant. A parte de Sara e Nate em manter os zumbis longe dos soldados foi até que mostrado de forma simples, enquanto para Jefferson ele teve que ver a crueldade dos donos de escravos.

Compartilhar a dor de seus ancestrais, presos sem liberdade, subjugados e sofrendo abusos, foi intenso demais e ele teve que se erguer para evitar mais disso. E Amaya foi importante para eles tomarem coragem e fugir, pois uma das escravas era de mesma origem que ela, e o amuleto a festa acreditar.

Os zumbis foram o de menos em um episódio filler, onde mostrar a dor da escravidão é sempre importante por nos fazer lembrar desse passado triste e doloroso de nossa história atual, seja norte-americana, seja sul-americana, mas sempre com o sofrimento de homens e mulheres que perderam tudo ao serem vendidos.

Tivemos partes leves, como Martin com medo de zumbis, ou Mick dando a arma de Snart para Ray, uma vez que ele se sente péssimo por não ser um “herói”, já que sua armadura foi destruída…

Espero que Legends of Tomorrow melhore, senão irei abandoná-la logo após o grande crossover com suas séries irmãs…

Fico por aqui, comentem e to be continued