Inspirado nos clássicos jogos de plataforma dos anos 90, Kaze and the Wild Masks será publicado pela SOEDESCO

SOEDESCO anunciou parceria com a desenvolvedora de jogos VOX Game Studio para a publicação do jogo de plataforma 2D, Kaze and the Wild Masks. VOX Game Studio é uma desenvolvedora brasileira independente que tem trabalhado apaixonadamente no desenvolvimento do jogo desde o ano de 2015.

André Schaan, CEO da VOX Game Studio, se sente entusiasmado com a parceria. “Estamos animados em unir forças com a SOEDESCO e tornar Kaze uma coelha a ser lembrada. A experiência que eles têm com a publicação de jogos de plataforma e pixel art como Teslagrad e Owlboy será bastante benéfica para Kaze and the Wild Masks”. Bas de Jonge, gerente de Marketing da SOEDESCO, comenta, “Nenhum portfólio de publicadora está completo sem um coelho, portanto estamos muito contentes em ter Kaze a bordo. Amamos a vibe anos 90 que Kaze traz e o fantástico trabalho feito em pixel art, e afinal, quem não ama coelhos?

Inspirado pela era de ouro dos jogos de plataforma, Kaze and the Wild Masks convida os jogadores a embarcarem numa jornada imersa em nostalgia. Utilizando de mecânicas simples e intuitivas, vilões icônicos, somados a um ritmo rápido e desafiador, os jogadores experimentarão a sensação de jogar os clássicos marcantes dos anos 90. Apesar de beber da fonte de jogos como Donkey Kong Country 2 e Super Mario World, Kaze and the Wild Masks cria sua própria identidade ao utilizar um moderno e colorido pixel art que atrai tanto as gerações do passado quanto as novas gerações de jogadores.

Em Kaze and the Wild Masks, você se aventura através das Crystal Islands ao melhor estilo dos clássicos jogos de plataforma. Jogue como Kaze e salve seu amigo Hogo de uma maldição que espalha caos pelo arquipélago. Escale paredes ferozmente como um tigre, cruze os céus como uma águia, corra com a tenacidade de um lagarto e domine o oceano como um tubarão.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.