How to Get Away with Murder | 4×12 – Ask Him About Stella

E temos mais informações para How to Get Away with Murder, mas mesmo com a trama expandindo para alguns lados, a série ainda não empolga com a trama completamente focada em Laurel e deixando pequenos momentos para Annalise e os outros personagens.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Laurel estava interessante até a última temporada, mas estão conseguindo saturar a personagem, por mais que expandam os domínios de Jorge e Sandrine, que agora demonstra ser lúcida e até mais cobra que o seu próprio pai. Foi legal ver Frank indo contra ela e ficando ao lado de Laurel sem abrir o jogo, mas o episódio para eles resumiram nisso. A cena dela vendo o filho foi legal, emoção ficou para Annalise vendo a foto deles juntos. Ah! O bebê de Wes com Laurel se chama Christopher, enquanto Wes era Christoph.

Então temos Isaac e a morte de sua filha Stella, onde descobrimos que ele escondeu as drogas em casa, a filha achou e teve uma overdose, com ele logo em seguida escondendo o fato da esposa e criando uma cena de suicídio, para poder escapar. Bonnie deixa claro a Annalise que irão para outro lado na investigação e acusação contra ele, mas Annalise logo percebe que Isaac entrou em recaída com as drogas…

Gostei de ter Nate em destaque com seu pai, mas o senhor Lahey terá grandes problemas, ainda mais com o caso indo para outra direção, uma que Annalise não esperava e restou para Michaela dar uma ideia: chamar alguém experiente em casos de escândalos para ajudá-las. Aí entra Olivia Pope e o crossover entre as duas produções da Shondaland, How to Get Away with Murder e Scandal.

Com momentos menores temos Asher mostrando os dons culinários e um casamento a vista, com Connor propondo a Oliver e todos comemorando. Agora, Bonnie está tensa com a possibilidade de estar sob a mira de Denver e Jorge.

How to Get Away with Murder segue suas tramas e o crossover vem para aguçar os fãs das duas séries que já torciam isso há tempos. Nos resta esperar pelas conclusões dos arcos e que terminem logo todo esse drama de Wes, o filho e Laurel.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.