How to Get Away with Murder | 4×10 – Everything We Did Was For Nothing

Essa semana achei How to Get Away with Murder um pouco mais cansativo, sem tantos acontecimentos, mais focado nas consequências e em alguns momentos isso soou muito mias arrastado do que deveria. O roteiro não ajudou, ao menos a atuação desse elenco incrível segurou as pontas. Agora é ver como cada um se sairão da enrascada que se meteram.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Michaela está desesperada querendo notícias de Tegan, para saber como ela ficou depois dos acontecimentos na empresa, o problema é que sua chefe está com mais medo do que eles sobre uma possível retaliação de Jorge. Quando ela é emboscada no estacionamento por Michaela sentimos o medo em suas palavras, o que deixa tudo ainda mais intenso.

Enquanto isso Asher e Connor estão apagados, mesmo que a trama de Asher podendo ser preso movimentar Bonnie e principalmente Nate, o que deixa então para Oliver o drama envolvendo sua cabeça sobre o fato de Simon estar naquela por conta deles. A cena dele no quarto de Simon foi bacana, mostrando humanidade, enquanto todos buscam a própria saída desse enrosco.

Bonnie lidando com Denver será sensacional, e temo por ela, já que Jorge já a colocou no radar. Espero que Frank aja rapidamente, assim como agiu de forma precipitada com Dominick, que poderia ajudá-los muito, mas o rapaz também não cooperou muito bem com ele. A cena dele descobrindo que Laurel quase perdeu o bebê por conta da briga dele e do soco que bateu em sua barriga foi dolorosa, ele realmente está envolvido por ela.

Agora, Annalise foi no chão em sua índole para convencer Isaac a fazer o laudo de Laurel, ela se usou até da filha morta dele para tocá-lo. Funcionou e agora Laurel está no apartamento que foi de Wes e junto de Annalise prontas para irem atrás de Jorge e recuperar seu filho.

No final ainda tivemos mais uma ligação misteriosa no celular de Dominic, o qual Frank já descartou o corpo, mas preferiu ficar com o aparelho para rastrear as ligações. O problema que um dos números que ligavam direto era de ninguém menos que a mãe de Laurel, uma das que mais sofreu com Jorge…

How to Get Away with Murder cresce em sua teia para cercar Jorge, mas antes terão que lidar com as consequências dos atos de cada um e assim evitar serem presos. Quero ver Simon acordando e o que ele trará para a situação.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.