How to Get Away with Murder | 3×10 – We’re Bad People

Depois da grande descoberta no último episódio de How to Get Away with Murder do ano passado, agora é chegada a hora de recuperar o fôlego e compreender o motivo daquela pessoa estar debaixo do lençol… Com um episódio focado nas reações de seus personagens a descoberta e todos demonstrando ter um motivo, ou um estopim para o ocorrido, só conseguimos ficar mais ansiosos pelo o que vem pela frente.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Após os acontecimentos do último episódio e com sua prisão decretada, Annalise viu seu emocional ir pelo ralo, mas não foi de forma fácil, teve que ver a água escorrer lentamente, com direito a mijar em público. O jogo de cenas com Annalise e Wes, e todo o drama e tristeza que acertou seu coração foi de doer, mas ela não deve se entregar assim, pois há um assassino a solta. Gostei dela colocar Bonnie para lhe defender, acreditando que ela seria a melhor pessoa, além do fato de Ivy não poder…

Bonnie faz o possível, mas Atwood consegue ganhar neste primeiro momento. A questão é que Frank, mais jogado do que nunca e sabendo que o filho de Laurel é de Wes, ouvi a amiga e resolve se entregar… A questão é que logo vemos um flashback dele pegando Wes na porta da delegacia. Esses flashbacks serão arrasadores, pois há muito tempo até o incêndio.

Os outros personagens foram dissecados também, para que víssemos a culpa de cada um deles na morte de Wes. Tirando Laurel, que parecia estar completamente feliz, principalmente pela reação de Wes a sua gravidez, além de ter ouvido alguém na casa. Fora isso, todos podem ter um motivo…

Asher vendo a indiferença de Connor começa a se questionar e em um momento de explosão, demonstra não ter controle de sua raiva e soca o amigo. Já Connor tinha prometido a Wes que o mataria se fosse a polícia, mas isso não significa que ele tomaria tal atitude. Sua conversa com Oliver foi até legal, mas não consigo aceitar Oliver tão cachorrinho. E por fim temos Michaela, que falou umas verdades para a mãe e a viu ir embora deixando apenas um bilhete.

Confesso que esperava mais de Nate, mas devemos ter mais desdobramentos nos próximos episódios, ainda mais com a justificativa de que pode ter sido os Mahoney quem matou Wes ao descobrir que ele é herdeiro…

How to Get Away with Murder continua instigante e Viola Davis, e todo o elenco, parecem estar cada vez mais entrosados e entregando o melhor de si.

Fico por aqui, comentem e to be continued