How to Get Away with Murder | 3×03 – Always Bet Black

Mais um episódio de How to Get Away with Murder que eu simplesmente adoro, e tudo por ter menos de Wes. O personagem foi utilizado a exaustão nas temporadas anteriores e mostrou que esse foi o maior erro. Agora é hora de consertar isso e estão fazendo muito bem, principalmente dando destaques merecidos a outros personagens, como neste episódio com Laurel.

FILHINHA DO PAPAI

Como não amar as caras de Laurel ao ir até seu pai, Jorge, e descobrir que todas as suas ligações eram interceptadas? Com um papai desse não tem como não querer fugir com o primeiro bad boy que aparece na frente. Ao menos isso serviu para ela descobrir o paradeiro de Frank, o que ela e Annalise queriam, só que temos um jogo virado, pois ela não conta que sabe onde encontrar o seu “amor”.

Os conflitos entre pai e filha foram interessantes e ri com Jorge pedindo uma intermediadora para eles conversarem. Fato é que ela guarda muita mágoa do pai, por coisas que ele fez contra sua mãe, mas também contra ela, como não querer pagar o seu resgate quando ela foi sequestrada… Papi Castillo terá que mudar muito para ter sua hija, que ao menos assinou os documentos de compromisso com a empresa.

DINHEIRO PODE TUDO

O caso da semana tirou todos do sério, principalmente por descobrirem que o cliente deles na verdade era realmente culpado pelo ato que cometeu, mas contra outra pessoa. Annalise defendendo um crime sexual para depois descobrir que ele tinha um assassinato nas costas, foi constrangedor, mas fazia parte de seu plano, só que o tapa dado no fim do processo foi para limpar um pouco da alma. Gostei de Michaela se posicionar e enfrentá-la, espero que o próximo episódio seja dela o foco.

How to Get Away with Murder

Primeiro o plano de Annalise realmente foi bom, pois ganhando o caso ela ganhou repercussão e fica difícil para a universidade e Soraya lhe tirarem da sala de aula… Mas quem lhe tira algo é Nate. As cenas dele com Annalise estão ótimas, principalmente com ele querendo fazê-la ter uma vida mais saudável.

A união de Michaela, Asher, Connor e Oliver para uma noitada foi sensacional. Michaela extravasou nas roletas, já que descobriu que seu ex-noivo está se casando com outra mulher, mas ela sabe que ele gosta de homens, sua frustração foi toda embora, o que incluiu em parte o dinheiro que ela pegou escondido e teve que realocar. Asher não aprontou muito, ficou zanzando, enquanto Oliver e Connor vão compreendendo que se gostam, mas precisam mesmo se afastar um pouco para não misturarem as coisas.

Wes e Meggy ficaram conversando sobre futilidades e o maior momento deles foi com Meggy brigando por ele mudar quando fala com/em Laurel…

FLASHFORWARD

E no que temos a ver mais adiante, Oliver consegue limpar o celular de Annalise, o joga embaixo de uma ambulância enquanto é protegido por Bonnie, isso aí, a assistente também não é quem está embaixo do lençol branco. E também temos mais um sobrevivente nos escombros da casa. Quem será?

How to Get Away with Murder está me instigando cada vez mais com esse jogo de ir mostrando os sobreviventes através dos episódios, fazendo-nos imaginar quem será o próximo a sair vivo dessa tragédia, uma ótima sacada para este 3º ano.

Fico por aqui, comentem e to be continued