43ª Mostra SP | História de um Casamento – Resenha

Anunciado de uma forma quase de surpresa na edição de 2019, História De Um Casamento estreou no Festival de Veneza e tem sido apontado como um dos queridinhos para o Oscar 2020. Direção de Noah Baumbach.

Sinopse:

Um olhar profundo sobre o fim de um casamento e a união de uma família.

O que achamos:

Um dos melhores do ano, numa visão autentica, íntima e devastadora história sobre relacionamentos e importância das pequenas coisas para a vida em casal.

O roteiro de Noah Baumbach é verborrágico, onde os personagens colocam suas emoções, sentimentos, angustias, e alegrias em tela de uma forma completamente impressionante, humana, e que gera uma conexão extremamente grande de quem assiste com a dupla. Baumbach dá monólogos dramáticos incríveis para Adam Driver, como Charlie, e Scarlett Johansson, como Nicole, que estão excepcionais, entregam atuações pulsantes e que com certeza são um divisor de águas em ambas as carreiras.

E ao mesmo tempo, História De Um Casamento tem momentos de descontração e passagens hilárias que ajudam a quebrar o clima dramático e a nuvem de tensão que paira quando os protagonistas percebem que seu casamento acabou. Assim, vemos ele ficar em Nova York, e ela ir para Los Angeles à trabalho, para logo depois, eles começarem a encontrar com seus advogados (Laura Dern, Ray Liotta, e Alan Alda em papéis sensacionais) para discutirem uma separação que expõe e amplifica as pequenas rachaduras que o casamento tinha.

História De Um Casamento acerta ao nos apresentar, ao longo do filme, as visões que o casal tem um ou outro, suas imperfeições como pessoas, aquilo que os fizerem se apaixonar um pelo outro, e claro, como as pequenas coisas foram afetando o relacionamento deles ao longo dos anos que ficaram juntos, as promessas, as alegrias, as tristezas, a vida cotidiana comum.

Assim, Baumbach consegue construir tudo isso no filme que é marcado pela câmera quase sempre colocada num plano aberto para mostrar a distância, não só física, mas também emocional dos dois na medida que eles avançam no processo de divórcio.

Driver e Johnson, ambos tem momentos de brilharem, sejam juntos ou separados, mas acabam por se destacarem em suas atuações nas pequenas passagens, nos olhares, num gesto ao longo do filme, seja quando Charlie lembra algum detalhe sobre Nicole, ou quando Nicole toma alguma atitude em relação ao marido.

Baumbach acerta e muito ao mostrar como uma relação aparentemente saudável pode explodir e virar uma batalha jurídica legal interminável, onde a simplicidade de algumas passagens fazem de História De Um Casamento ser um filme sobre emoções e sentimentos bastante emotivo, e às vezes engraçado, como a vida, em sua proposta. Um daqueles que não devem ser perdidos.

Nota do Crítico:

História De Um Casamento chega na Netflix em 6 de Dezembro.

Filme visto na 43ª Mostra Internacional de São Paulo

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales