Girls | 6×05 – Gummies

Depois dos acontecimentos do episódio passado temos um episódio focado no chamado “a fila anda e a vida segue”, onde acompanhamos dois dos personagens lidando com os fatos pós choque: Hannah e Ray. As consequências do ocorrido devem mudar a vida dos dois e, claro, e todos a sua volta.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Assim ao dedicar um tempo pensando na sua situação Hannah, que está grávida, resolve claramente fazer uma lista de contras (sem prós) sobre o seu “problema”. Aqui o humor da série é reafirmado com os alguns tópicos absurdos e outros meio coerentes quem diria. “Eu tenho só 27 anos”, “Eu pareço mais jovem que isso” e claro a hilária “Eu não curto que chupem meus peitos”. Ai Girls quando você me diverte você me diverte.

Mas claro que más decisões e Hannah são como se fossem dois imãs se atraindo e em rota de colisão sempre! Assim a personagem chama sua mãe para contar as novidades. Ao chegar em NY descobrimos que Loreen está no Vigilante de Peso e comendo docinhos de gelatina com maconha! Então mãe e filha andam pela cidade conversando sobre as dificuldades de criar um filho e fazem um paralelo bem interessante entre vida e morte, afinal a chegada do bebê deixaria a principio a avó mais perto da morte. Ou seja ninguém está ainda pensando no bebê propriamente dito e sim como ele deve afetar a dinâmica de suas vidas.

No meio desse caos Loreen que está chapada de maconha some e Hannah e Elijah (que também está chapado por ter tomado 6 remédios que deixam a pessoa acelerada) partem em busca dela. As cenas são surreais e muito engraçadas deles andando pelo Brooklyn atrás da mãe dela. Dão uma parada para tomar um sorvete, correm um pouco, param e em um dos restaurantes finalmente a encontram. A personagem está tão chapada que acaba por contar o pequeno segredo da filha para o colega de quarto dela. Aqui conseguimos ver que Elijah é a versão masculina e gay de Hannah chegando até ser pior que ela alguns termos. Eles discutindo em plena cozinha do restaurante chinês é ao mesmo tempo engraçada mas também bem triste.

Assim Hannah depois de ter um dia de cão volta para a casa e encontra a atriz que está interpretando ela no filme de Adam. Para o dia não ficar pior não é mesmo? A atriz por acaso é a cara dela, muito parecida fisicamente mas a principio parece ser uma pessoa muito mais madura e centrada emocionalmente do que a escritora. Durante as gravações podemos ver que Adam começa a perceber isso, será que vamos ter um recaída entre os dois? Jessa também percebe. Hum perigo no paraíso hein?

Como sempre todo o plot de Marnie, Ray e Shosh ficou de plano de fundo para o restante do episódio. Shosh teve uma ceninha só mas ficou claro que ela se importa mil vezes mais com ele que Marnie que não aguentou ficar 20 minutos (tecnicamente 40 segundo ela) com ele mexendo nas coisas do falecido sócio dele. Será que acabou o triângulo? Ray finalmente percebeu que a Marnie não é para ele? Cenas dos próximos capítulos. Mas obrigado.

Assim Girls faz um episódio que começa a amarrar as pontas para o final da temporada e da série avançando nas histórias e concluindo alguns arcos que vieram se arrastando ao longo dos últimos episódios sem perder aquele humor meio negro e sutil e claro com péssimas decisões como por exemplo a vez que Hannah cortou o próprio cabelo ou resolveu falar mal online de uma menina que ela cruzou na livraria. Não falei? Elijah conhece tão bem Hannah. E a gente também depois de 6 temporadas.

A última temporada da série está disponível no aplicativo da HBO GO BR logo após sua exibição aos Domingos na HBO.