Fullmetal Alchemist #8 | Resenha

Fullmetal Alchemist segue sua jornada e a cada edição fico mais surpreso com a qualidade e a evolução não só da trama, mas de seus personagens. Hiromu Arakawa a todo instante demonstra controle total de sua criação e nos envolve neste universo cheio de simbologia e amizades.

O desenvolvimento de Ed e Al é sempre lembrado e logo no início da edição vemos a conclusão da luta deles com o Ganância e seus monstros e disso temos mais uma evolução para Al, que é o fato dele se lembrar um pouco mais do outro lado.

Após isso temos o retorno deles e o encontro com Winry e Paninya, que novamente os ajudam quando Lian aparece para conhecer mais sobre a Pedra Filosofal e descobrir mais sobre alquimia, enquanto eles tem um uso mais medicinal das energias e trocas. É hilária a relação de Ed e Ling e a fome do rapaz que vem do oriente, expandindo assim o universo da série para além deste país.

O que mais me chocou é descobrir mais de King, que se mostra mais um monstro ao lado de Gula, Luxúria, Inveja, Preguiça e Ganância. A descoberta do pai deles também é cheia de nuances e nos mostra como o poder é tudo, tanto que matam um irmão sem pestanejar.

Quero mais informações de Scar e o que ele estará disposto a fazer para manter sua vingança…

Muitos personagens permeiam a série, todos com personalidades complexas e interessantes e isso é mérito total da autora. Tudo isso nos faz devorar cada edição e assim queremos ansiosos a próxima e também podemos somar a isso a excelente qualidade deste volume especial que a Editora JBC tem relançado. Fullmetal Alchemist faz jus a todos os elogios que já ouvi de sua trama.

FICHA TÉCNICA

Título: Fullmetal Alchemist #8
Autor: Hiromu Arakawa
Editora: JBC
Ano: 2017
Gênero: Ação, Aventura
ISBN: 978-85-457-0259-7