Emerald City | 1×09-10 – The Villain That’s Become / No Place Like Home [Season Finale]

E chegamos aos dois últimos episódios de Emerald City e atrasei tudo por motivos de Carnaval. Mas confesso, foi bem mais interessante assistir aos dois episódios seguidos e ver a evolução de seus personagens de forma mais consistente, mesmo ainda achando Elphaba exagerada e sem sal.

Assim, chegamos aos últimos momentos da temporada, e fico esperando que a NBC renove a série, mas não sei se ela terá uma 2ª chance para um novo ano devido a sua baixíssima audiência. O problema é que a trama termina em aberto e sem sabermos o que realmente aconteceu entre a Besta, as Bruxas e o povo de Oz…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Mas vamos por partes… Ozma ressurgiu com poderes da Bruxa do Leste, enquanto Dorothy segue usando sua manopla e também com poderes. A questão é que Ozma ainda duvida de si e Elphaba precisa trazê-la a si e ainda fazer as bruxas recém retiradas da prisão acreditar nas intenções delas. No fim as duas conseguem se unir e subir ao trono de Oz.

Foi legal ver Elphaba ver que Ozma tem a justiça de seu pai e podendo ser uma rainha justa perante as diversidades de Oz. Bruxas e humanos podendo conviver em paz com os pilares do mundo de Oz. Quado ela “perdoa” Eamonn achei bem rápido, mas então ela tira o “coração” do leão ao fazer sua família esquecer que ele existe. Se ele matou seus pais ele não teria mais amor assim como ela não teve.

Dorothy consegue os gigantes de pedra de Nahara para ajudar a acabar com a guerra entre o Mágico e Glinda, mas no caminho acaba vendo os monstros sendo destruídos por Sylvie e o mágico, que conseguiu as armas de Ev depois de quebrar sua máscara, tentar matar todas as bruxas. O interessante é que descobrimos por Glinda que somente uma bruxa pode matar outra, mostrando que Dorothy é muito mais que humana.

O Mágico enfrenta Dorothy e deixa claro que a Besta irá destruir todos e é aí que Glinda ri de sua cara e fala que a besta não é uma bruxa, fazendo todos se unirem quando ouvem um estrondo vindo da prisão onde Nahara e Ojo estavam e aí vemos que o homem sem pele era a Besta.

As pequenas coisas acabam ficando para a descoberta de que Ev era um robô e usava a máscara para esconder que não envelhecia e que tal conhecimento já existia antes de Jane chegar a Oz; Jack vai atrás do Mágico para matá-lo, mas na batalha acaba sem a perna e o braço mecânico.

Glinda e Elphaba quando parecem fazer as pazes são surpreendidas pela chegada da Besta e o fim de Dorothy é descobrir ser filha de Jane e não de Karen, ver o Mágico ser morto e voltar sozinha para Oz… A temporada termina com Dorothy voltando para o Kansas sozinha e depois de um tempo encontrando Roan e Totó que aparecem falando que Jane está presa com a Besta e ele foi enviado para buscá-la, pois é a única que pode deter o que acontece em Oz.

Emerald City tem um conceito interessante, seu desenvolvimento em certos momentos foram bem bacanas, mas em alguns deixou a desejar, como este final sem a batalha em si… Nos resta esperar para ver qual será a ação da NBC quanto a série, mas não acredito muito em sua renovação.

Fico por aqui, comentem e to be continued