Emerald City | 1×01-02 – The Beast Forever / Prison of the Abject

E o clássico O Mágico de Oz ganha uma nova interpretação! Focado em uma aventura mais velha, com mortes e direito a tiro no meio da testa, Emerald City é interessante, peca em alguns desenvolvimentos e figurino, mas no geral é agradável e nos deixa intrigado com o destino de Dorothy e seu Totô, aqui um pastor alemão policial que ela encontra por acaso na tempestade.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Nessa nova versão Dorothy foi deixada a porta de seus pais adotivos por Karen, mas nada é muito explicado sobre a origem dessa mulher, que apenas teme os furacões. Lógico que devemos imaginar que Dorothy é um ser de Oz que foi trazida para Lucas, no Kansas, na expectativa de proteger sua vida. Dorothy é estudante de medicina e isso acaba lhe salvando de apuros quando vai para Oz.

Emerald City

Os 20 anos que Dorothy ficou no Kansas logo nos faz ligar os pontos, pois em Oz o Mágico deixa claro que o uso da magia está banido de Oz e tudo isso aconteceu devido a eventos de 20 anos atrás. A primeira vez que vi o Mágico achei que fosse Hagrid, e me surpreendi que o ator que o faz é Vincent D’Onofrio, de Demolidor. O Mágico consegue impor medo em Glinda, Elphaba e faz todos seguirem suas ordens, a principal delas é evitar a magia e ele faz questão da população ver o descontrole das bruxas cardinais.

Elphaba e Glinda são mostradas cheias de medo, mas com ódio no coração o suficiente para retomar os seus postos com plenos poderes. O erro na representação de Elphaba é que ela parece o tempo inteiro drogada, enquanto Glinda parece avulsa e toda rancorosa. A irmã do Oeste aparece rapidamente, mostra seus poderes e sua Prisão para quem usa mágica, mas logo é trapaceada por Dorothy e acaba morrendo, o que inicia os eventos que devem mudar Oz.

Emerald City

Outros personagens logo vão dando as caras no caminho de Dorothy, como Lucas, o espantalho que ela nomeia, já que ele perde a memória. Sobre o passado de Lucas pouco é visto, mas sabemos que ele era um guarda de Oz, da mesma forma que o leão covarde aqui recebe o nome de Eamonn e persegue Dorothy ao lado de inúmeros soldados.

Além dos dois vemos também o cabeça de abóbora na forma de Jack, o garoto que tenta salvar Tip, que no livrode Oz é a Princesa Ozma. A história do aprisionamento e a humanização dos personagens traz uma nova visão para Oz e será interessante ver o desenvolvimento, encontros e reencontros entre todos eles.

Emerald City

Emerald City iniciou mostrando bem suas tramas, mas falta um pouco de carisma em alguns dos personagens, deixando-os apenas de passagem em cena e nos fazendo esperar mais de cada um deles. O elenco é interessante, Joely Richardson está linda como Glinda, mas me lembra a Feiticeira do filme Os Mestres do Universo (1987). A série conta no elenco cm Adria Arjona, Oliver Jackson-Cohen, Ana Ularu, Mido Hamada, Gerran Howell, Jordan Loughran, Joely Richardson e Vincent D’Onofrio.

Fico por aqui, comentem e to be continued