Editora Draco lança oito quadrinhos na Artists’ Alley da CCXP19

Para celebrar seu aniversário de 10 anos, a Editora Draco vai lançar 8 histórias em quadrinhos na Comic Con Experience 2019. As publicações estarão disponíveis nas mesas dos autores da casa presentes no Artists’ Alley.

Sem mais delongas, confira os lançamentos:

Sangue no Olho

Nessa coletânea, há uma mistura da rispidez dos faroestes contemporâneos com questões sociais do passado e presente brasileiros, viajando pelo nosso extenso território. Páginas que falam de dores e perdas dignas dos grandes westerns.

Organizada por Raphael Fernandes, a publicação reúne os roteiristas Gustavo Whiters, Felipe Cazelli, Raphael Fernandes, Leonardo Melo, Thaïs Kisuki, Alexey Dodsworth, Caio H. Amaro e Eduardo Kasse. Além de um inacreditável time de desenhistas Weslley Marques, Chico Silverio, Vitor Wiedergrün, Jader Corrêa, Paloma Diniz, Sandro Zambi, Má Matiazi e Messias Tartini.

Pode ser encontrada nas mesas E37, E40 e F01-02

A Máscara da Morte Branca

Esse suspense é uma releitura de uma antiga lenda nordestina. Com roteiro de Alexey Dodsworth, arte de Isaque Sagara e capa de David Oliveira, toda a trama é historicamente embasada e conta como a portuguesa Branca Dias foi de heroína do povo judeu no período colonial a assombração dos tempos atuais.

Conhecida nas histórias de terror pernambucanas, a lenda do Açude do Prata tem raízes históricas nas dificuldades que o povo judeu enfrentou durante a inquisição Ibérica. Conforme a lenda, em noites enluaradas é possível ver o fantasma de uma mulher que lava talheres em um açude pernambucano. Essa mulher é Branca Dias, judia portuguesa que, após passar dois anos presa pela Inquisição, fugiu para o Brasil. Seu espírito não pode descansar em paz enquanto houver perseguição e injustiça. Com inspiração na mitologia de Edgar Allan Poe, a lenda clássica é reconstruída e adaptada para os tempos e problemas atuais.

Pode ser encontrada nas mesas E37

Steampunk Ladies – Choque do Futuro

A história se passa logo após os acontecimentos de Steampunk Ladies: Vingança a Vapor, vencedora dos troféus HQMIX e Angelo Agostini. Com roteiro de Zé Wellington, desenhos de Sara Prado, Wilton Santos e Leonardo Pinheiro, cores de Ellis Carlos, Ale Starling e Thyago Brandão e letras e grafismos de Deyvison Manes.

Em um passado em que a tecnologia evoluiu muito além do que na nossa realidade a partir das máquinas a vapor, a Inglaterra do século XIX se tornou o centro das grandes invenções do planeta. Saídos da cabeça de um mesmo inventor, esses projetos revolucionários têm sido usados em uma campanha britânica para colocar o resto do mundo de joelhos.

Como única força de oposição resistente, um grupo de sufragistas contará com a ajuda de Sue e Rabiosa, duas mulheres recém-chegadas da América. Elas vieram acertar as contas com o controlador primeiro-ministro inglês e um misterioso grupo cuja atuação é global. Para essas mulheres, vencer o autoritarismo é também vencer as barreiras que as separam dos seus direitos.

Pode ser encontrado na mesa F08

Vikings – Morte ao Troll

Escrita por Eduardo Kasse (O Andarilho das Sombras, A Teia Escarlate) e desenhada por Carlos Sekko (Space Opera em Quadrinhos). Na trama, um grupo de guerreiros formado por Hróaldr, Boors e Caolho vai enfrentar diversas batalhas para encontrar uma criatura que parece estar atacando os habitantes de um vilarejo.

A graphic novel amplia o universo criado por Kasse no livro Vikings – Berserk e revela uma nova aventura dos personagens que estrelaram o quadrinho Vikings – Noite em Valhala, que também conta com a feroz arte de Carlos Sekko. No entanto, tanto a nova publicação como essas duas anteriores podem ser lidas em qualquer ordem, já que não oferecem spoilers ou constroem uma cronologia complexa para entender a trama.

Outra característica marcante dessa publicação é o cuidado com as pesquisas históricas, tanto em termos cronológicos, geográficos e de ambientação. Roteiro e ilustrações buscam veracidade a fim de imergir o leitor nessa fascinante época.

Pode ser encontrado nas mesas E40

Opticus – Intervenções

Neste álbum, o roteirista Tiago P. Zanetic (O Rei Amarelo) e o desenhista Mauricio Leone (Green Hornet, The Last Phantom , Evil Ernie), nas cores de Rodrigo Fernandes (Red Sonja, The Shadow, Doctor Who), contam o que acontece ao Dr. Théo após uma intervenção cirúrgica experimental em seus olhos. O problema é que ele passa a enxergar além do que um ser humano deveria ser capaz, conseguindo observar microrganismos, bactérias e até mesmo as cordas da realidade! Essas linhas que separam as diversas versões do universo revelam ser uma visão maravilhosa e ao mesmo tempo perigosa, como ele irá descobrir ao salvar a vida de uma garotinha de uma criatura chamada Coletor. Imagine um Bill Murray brasileiro vivendo aventuras interdimensionais.

Para fechar o álbum, Zanetic se junta ao desenhista Gustavo Lambreta (Traje de Rigor) para contar uma história que acontece antes da grande trama do álbum e revela um pouco mais sobre as diversas dimensões desse universo fantástico.

Pode ser encontrado nas mesas F01-02

Crabra D’Água e a Peleja Contra os Gigantes

Com roteiro de Airton Marinho (Hell Dang, O Despertar de Cthulhu) e arte de Lederly Mendonça (MSP Novos 50, MAD) e Leopoldo Anjo (Decahedron), apresenta um herói com poderes de água que perambula pelo sertão nordestino e acaba evitando que um vilarejo seja destruído por um estouro de manada. Porém, esse é o menor dos problemas da região, a qual enfrenta algo que não deveria acontecer com nenhum ser humano. Resta ao jovem cabeludo de camisa branca e calça preta enfrentar um homem extremamente poderoso e ainda mais cruel. O quadrinho é uma mistura de o O Auto da Compadecida com One Piece.

Pode ser encontrado nas mesas H15

Quack #5

Neste quinto volume, o mangaká Kaji Pato (Henshin Mangá) apresenta os desafios da nova fase dessa divertida aventura, estrelada pelo jovem aviador Baltazar e seu pato falante Colombo. Desta vez, o jovem Baltazar terá que enfrentar um árido deserto e um desafio ainda mais impiedoso. Seria ele capaz de sobreviver ao treinamento arretado de Mestre Vitalino? Ou será que Baltazar é só mais um mané incapaz de lidar com a própria autossabotagem? Enquanto isso, longe das provações, o pato encrenqueiro Colombo e a mecânica Marte não sabem que um mal contagiante se aproxima e pode pôr tudo a perder.

Pode ser encontrado nas mesas E39

Japow #2

Totalmente ambientada no bairro oriental Liberdade, em São Paulo, essa série, escrita por Jun Sugiyama (Romaria) e desenhada por Eduardo Capelo (Kimera), narra as aventuras das amigas Daniela Tomoe e Charlotte, sempre rodeadas de seres fantásticos e divindades. Essa edição mostra um pouco do conflito entre o tradicional mundo da culinária japonesa e as novas gerações.

Após ver Suzuki desistir do comércio de sua família, Daniela Tomoe não vai deixar que o mesmo aconteça com seu amigo ngelo, dono de um restaurante japonês. Para que o sushiman reencontre seu espírito de luta, ela se infiltra em uma grande festa para pedir ao deus da culinária sua benção. Mal sabe Dani que os deuses têm seus próprios planos e uma grande reunião já está marcada. Jota é o único que pode enfrentá-los.

Pode ser encontrado nas mesas G25-26 e G27

As publicações e os autores da Draco poderão ser encontrados nas mesas D02 (Thaïs Kisuki), E05 (Alex Mir), E37 (Alexey Dodsworth; Raphael Salimena), E39 (Kaji Pato; Max Andrade), E40 (Eduardo Kasse; Tiago Palma), F01-02 (Raphael Fernandes), F08 (Zé Wellington), F39 (Marcio Gotland) G25-26 (Jun Sugiyama), G27 (Eduardo Capelo), G42 (Talles Rodrigues), H04 (Samuel Bono), H13 (Fernando Barone, Leopoldo Anjo), H14 (Alessio Esteves; André Oide) e H15 (Airton Marinho), do Artists’ Alley da CCXP.

Confira a localização exata no mapa do evento:

Essa é uma ótima oportunidade para adquirir uma edição autografada e conversar com os criadores de mundos fantásticos do Espírito do Dragão.

Neste mês de novembro a Editora Draco celebra 10 anos de existência, e por isso estão preparando uma grande festa no dia 30 de novembro. Fique de olho no evento deles em: https://www.facebook.com/events/566901217210190/.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.